Coluna

Ricardo Feltrin

GfK diz que cenário do Brasil "tornou insustentável" medição de audiência

Getty Images/iStockphoto
Termina o sonho da empresa alemã GfK em concorrer com a Kantar Ibope no Brasil Imagem: Getty Images/iStockphoto
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

21/09/2017 17h40Atualizada em 21/09/2017 17h43

Em nota enviada nesta quinta-feira a todos os seus clientes, a empresa alemã GfK confirma o fim de sua divisão de medição de audiência de TV. A demissão e o fim da divisão foram informados antes nesta coluna.

Hoje a empresa demitiu 149 funcionários desse setor e interrompeu definitivamente seu projeto de se tornar concorrente da Kantar Ibope Media, que volta a ser a única empresa do país a medir o público da TV brasileira aberta e por assinatura.

A GfK fecha a divisão, mas abriu uma caixa de Pandora de processos judiciais, que já começaram.

SBT, Record e RedeTV! já iniciaram ações contra a empresa, a quem acusam de descumprimento de contrato. Os processos devem passar dos R$ 100 milhões.

Leia a seguir a nota enviada aos clientes da GfK:

“Transcorridos aproximadamente cinco anos de seu estabelecimento em território brasileiro, a GfK Market Research Pesquisa de Mercado Ltda. (“GfK Medição de Audiência de TV”)  deparou-se com um cenário que tornou insustentável a manutenção dos serviços de medição quantitativa contínua de mídia no Brasil.

Assim, é com pesar que a GfK Medição de Audiência de TV comunica que não prestará serviços de fornecimento de dados de medição quantitativa de mídia a você a partir de 21 de setembro de 2017.

As operações de pesquisas da GfK, por sua vez, serão mantidas tal como estabelecidas desde meados de 2002.

A GfK Medição de Audiência de TV reitera seu orgulho e satisfação por efeito do legado positivo que deixou para o setor de medição de audiência no Brasil, por meio de uma proposta comercial transparente e consistente, suficiente para elevar o setor brasileiro de medição quantitativa contínua de mídia ao patamar de excelência global, especialmente nos quesitos tecnologia e ciência de dados.

A atenção dispendida aos clientes também foi um diferencial da GfK durante o desenvolvimento de sua estratégia no Brasil.

Por fim, a GfK agradece imensamente a confiança que vocês depositaram nos projetos, dados e reputação que outrora foram apresentados.

Atenciosamente

Leopoldo Schneider
GfK Market Research Pesquisa de Mercado Ltda.”

Empresa GfK eleva o tom e notifica TVs abertas por falta de pagamento

GfK encerra medição de audiência de TVs e demite 149 pessoas

Colunista no Twitter, no Facebook ou no site Ooops!

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Topo