Topo

Coluna

Ricardo Feltrin

Inédito: Na Bahia, Globo passa uma semana atrás da Record no ibope

Divulgação
Os âncoras Zé Eduardo (Balanço Geral) e Jessica Smetak (Bahia No Ar), da Record Bahia Imagem: Divulgação
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

20/11/2018 08h01

Pela primeira vez a Globo passou uma semana atrás da Record no ibope, no chamado horário comercial da TV.

Aconteceu na semana passada, na Bahia (TV Itapoan) --que hoje é a praça mais problemática da rede da família de Roberto Marinho.

Os dados (medidos pela Kantar Ibope) são consolidados, de segunda a sexta (entre 12 e 16 de novembro). Cada ponto de ibope na Grande Salvador vale por cerca de 14 mil domicílios.

Salvador é a única praça em que esse tipo de derrota ocorre à Globo.

Como esta coluna informou com exclusividade no mês passado, oito atrações principais da emissora na região ficam em 2º e até 3º lugar em audiência.

Há quase dois anos a TV Itapoan vem dando grandes dores de cabeça à Globo, que chegou a enviar um graduado executivo para dar um jeito na situação.

Fato raro, a TV Bahia (Globo) chegou a assediar e tirar uma apresentadora da Record no ano passado.

Chegou também até encerrar o “Encontro com Fátima” dez minutos mais cedo em Salvador, com o objetivo de não deixar o “Balanço Geral” local (apresentado por Zé Eduardo, o Bocão) disparar em primeiro (o que já é uma rotina).

Nenhuma das medidas da Globo tem surtido muito efeito.

LEIA MAIS

Globo fica atrás da Record em 8 programas na Bahia

Record Bahia se reafirma como maior calo da rival Globo no país

Colunista no Twitter, no Facebook ou no site Ooops