Topo

Coluna

Ricardo Feltrin


Globo perde participação na TV aberta no país, mas ainda lidera com folga

"O Sétimo Guardião": como toda a Globo, "novela das 8" perdeu público, mas ainda é líder de audiência - Reprodução/TV Globo
"O Sétimo Guardião": como toda a Globo, "novela das 8" perdeu público, mas ainda é líder de audiência Imagem: Reprodução/TV Globo
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

01/05/2019 06h30

A Globo ainda está longe de ter sua liderança ameaçada na TV aberta, mas tem registrado em 2019 a menor participação no universo de TVs ligadas no país dede que a medição começou a ser feita.

É o que mostram dados consolidados do Ibope no Painel Nacional de Televisão, da Kantar Ibope, que mensura o público consumidor de TV nas 15 maiores regiões metropolitanas do país.

Os dados se referem ao chamado "share" --de todas as TVs ligadas, que porcentagem tem cada emissora-- e a medição é das 24 horas do dia.

A Globo até o momento em 2019 tem 34% de share no PNT (12,5 pontos) na média das 24 horas do dia.

Esse índice está caindo pelo terceiro ano seguido: 35,9% (2018) e 36,7% (2017). Veja os números deste século logo abaixo.

Nessa medição a Record tem share de 15,2%, o SBT tem 15%; a Band tem 3,3% e a RedeTV, 1,8%.

Então vale repetir: a Globo está perdendo participação, mas ainda está longe de perder a liderança para a concorrência.

Neste século, a melhor participação da Globo nas TVs ligadas nas 24 horas foi em 2004. Naquele ano ela era sintonizada por 55,1%. Ou seja, 55 de cada 100 TVs ligadas nos maiores centros urbanos brasileiros passavam 24 horas ligadas na Globo.

Hoje são 34. Uma queda comparativa entre o maior e o menor índice de 47%, portanto.

Comparativamente, em 2004 o SBT tinha 19,3% de share e este ano está com 15%. Já a Record tinha 7,8% há 15 anos e agora está com 15,2%

A Globo completou 54 anos na semana passada. Ainda é a maior emissora do país tanto em ibope quanto em infraestrutura.

Tem cinco emissoras próprias da família Marinho e 118 afiliadas (pertencentes a outros grupos). Atinge hoje 5.490 cidades no país.

Veja a audiência da Globo desde 2001 --em pontos e share (PNT)

2001 - 16 pontos e 50,1%
2002 - 17,5 e 53,4%
2003 - 17,8 e 54,0%
2004 - 18,3 e 55,1%
2005 - 18,0 e 53,4%
2006 - 18,0 e 52,4%
2007 - 16,1 e 47,9%
2008 - 15,3 e 44,8%
2009 - 15,8 e 45,5%
2010 - 14,6 e 43,2%
2011 - 14,3 e 42,0%
2012 - 13,7 e 41,6%
2013 - 13,1 e 39,5%
2014 - 12,2 e 36,1%
2015 - 12,4 e 35,4%
2016 - 13,3 e 35,6%
2017 - 13,9 e 36,7%
2018 - 13,3 e 35,9%
2019 - 12,5 e 34,0%

*Até março; dados obtidos por terceiros; foram mensurados pela Kantar Ibope

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook e site Ooops

Ricardo Feltrin