Topo

Coluna

Ricardo Feltrin


Antes da estreia, produtora de nova novela da Record demite 50

Divulgação
Silvia Pfeifer estará na novela "Topíssima", que estreia dia 21 na Record Imagem: Divulgação
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

2019-05-08T15:12:00

08/05/2019 15h12

A próxima novela da Record, "Topíssima" só estreia no próximo dia 21, mas já está causando estragos no meio profissional --especialmente no Rio de Janeiro.

Pelo menos 50 funcionários foram demitidos nos últimos dias pela Casablanca, que é co-produtora da novela.

Foram demitidos profissionais das áreas de figurino, cenografia arte e outras áreas técnicas. Segundo a coluna apurou, muitos contratos rescindidos tinham duração prevista até 31 de julho.

Alguns desses funcionários vinham fazendo jornadas de até 11 horas diárias.

A coluna está tentando contato com a Casablanca, para que se manifeste sobre o assunto. Até o momento em que este texto foi publicado, ninguém da produtora foi localizado.

A Record também não se manifestou sobre as demissões até o momento.

A Record está anunciando a "festa de lançamento" de "Topíssima" para o próximo dia 15, às 13h, no Rio. Escrita por Cristianne Fridman, ela vai substituir a reprise de "A Terra Prometida".

É a 31ª novela da emissora desde que retomou a dramaturgia, em 2004.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook e site Ooops