Topo

Coluna

Ricardo Feltrin


"Game of Thrones" dispara ibope da HBO, mas canal segue sendo para poucos

Divulgação
Emilia Clarke como Daenerys no episódio final de "Game of Thrones" Imagem: Divulgação
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

2019-05-16T08:10:52

16/05/2019 08h10

As exibições da aclamada e elogiada série "Game Of Thrones" fez disparar a audiência da HBO no Brasil, segundo dados consolidados de audiência da Kantar Ibope Media, obtidos pela coluna.

Em março, sem "GoT", somando canais abertos e fechados acessados somente via TV por assinatura, o HBO ficou na 61ª posição. Marcou 0,09 ponto de média e 0,19% de share (participação no conjunto de TVs ligadas). Foi um dos 20 canais menos vistos, conforme esta coluna noticiou.

Em abril, no entanto, com a última temporada de "GoT" no ar, o canal subiu 12 posições, passando para o 49º lugar, com 0,13 ponto e 0,28% de share.

Nessa medição cada ponto equivale a cerca de 115 mil domicílios nas 15 maiores regiões metropolitanas do Brasil.

Como podem perceber, é um aumento expressivo, de mais de 40%. Mas, também confirma que o HBO é um canal para poucos. Tecnicamente ele continua na região do chamado "traço" de ibope.

Trata-se de um canal "premium" e para tê-lo é necessário pagar uma mensalidade extra às operadoras.

Importante lembrar que "Game of Thrones" também pode ser assistido em sites que divulgam pirataria de conteúdo, mas não há estatisticas disponíveis sobre a audiência deles.