Topo

Coluna

Ricardo Feltrin


Silvio manda parar demissões por causa das festas de fim de ano

SBT cortou orçamento de 2020 em todas as áreas - Divulgação/SBT
SBT cortou orçamento de 2020 em todas as áreas Imagem: Divulgação/SBT
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

25/11/2019 07h02

Resumo da notícia

  • No mês passado Grupo SS todo sofreu demissões
  • Silvio não quer demitir ninguém no período de festas
  • SBT vai ter corte geral de orçamento no próximo ano

Em respeito às famílias dos funcionários de sua emissora e de todo o Grupo Silvio Santos, nenhuma demissão mais deverá ocorrer até o próximo ano.

Segundo esta coluna apurou, trata-se de uma decisão de Silvio Santos cerca de um mês após o início do processo de cortes de gastos no grupo.

Silvio decidiu que não quer mais demissões em 2019. Ele acha que é muito cruel fazer isso não só com os funcionários, mas também com suas famílias nesta época do ano.

Isso não quer dizer, porém, que a interrupção vale também para um eventual caso extremo (justa causa, por exemplo).

No mês passado todo o Grupo Silvio Santos passou por um doloroso processo de demissões e cortes de gastos, como esta coluna informou.

A publicidade veiculada no SBT e outras TVs abertas vem caindo devido à forte corrida de anunciantes por meios digitais.

Além disso o governo federal também promoveu este ano um grande corte de gastos publicitários. Canais como SBT, Record, Band e RedeTV foram bem mais afetados que a Globo —inimiga figadal de Jair Bolsonaro.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook e site Ooops

Ricardo Feltrin