PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Ricardo Feltrin


TV digital e aberta segue indisponível para 30% dos brasileiros

Um conversor de TV digital - Reprodução
Um conversor de TV digital Imagem: Reprodução
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

25/12/2019 05h22

Após três anos a TV Digital gratuita ainda é apenas um sonho para 30% dos brasileiros.

O processo de desligamento do sinal analógico teve início em 2007, mas começou de fato em 2016, quando São Paulo e mais 27 municípios assistiram à sua substituição pelo sinal digital.

Apesar de mais de 70% da população já dispor do sinal digital, ela ainda está ausente em cerca de 4.000 das quase 6.000 cidades brasileiras.

Na prática isso quer dizer que cerca de 70 milhões de brasileiros seguem "analógicos", seja por TV ou parabólica.

E o processo ainda vai longe. Segundo dados do Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital Terrestre, no momento está sendo feito o desligamento em cidades com menos de 18 mil habitantes.

Essa fase ainda vai durar pelo menos mais 4 anos.

E o que pode ocorrer no futuro?

Bem, a previsão é que a TV aberta vai continuar viva por muitos e muitos anos.

Segundo assim, num futuro muito, mas muuuuito distante o fórum prevê que um dia, talvez, a população brasileira possa acessar sua TV digital em 4K --quiçá 8K.

Mas ainda é cedo para falar nisso. Feliz Natal a todos os leitores e colaboradores desta coluna. Inclusve os não cristãos, claro.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook e site Ooops

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Ricardo Feltrin