TV e Famosos

De volta ao SBT, Ratinho se desculpa por perder a voz e ignora condenação

Reprodução/SBT
18.jul.2016 - Ratinho volta ao ar e se desculpa por ter ficado sem voz na semana passada Imagem: Reprodução/SBT

Do UOL, em São Paulo

18/07/2016 23h34

O apresentador Ratinho voltou a comandar seu programa no SBT na noite desta segunda-feira (18). Recuperado, ele pediu desculpas por ter perdido a voz na semana passada, porém não se pronunciou sobre ter sido condenado a pagar indenização de R$ 200 mil por violar leis trabalhistas em sua antiga fazenda, localizada em Limeira do Oeste (MG).

"Na semana passada, quero pedir desculpas porque eu não estava conseguindo falar. A gente foi improvisando o programa para ver se dava certo e acabou dando certo, a gente é um time que funciona muito bem", disse o apresentador na abertura do programa.

Reprodução/SBT
18.jul.2016 - Ratinho mostra "atestado da próstata" para justificar faltas no SBT Imagem: Reprodução/SBT
Bem-humorado, Ratinho brincou com a chamada veiculada pelo SBT exigindo o retorno do apresentador "Botaram uma chamada me convocando, exigindo atestado, e o meu contrato nada. Ei, [Fernando] Pelegio [diretor artístico do SBT], cadê meu contrato? A Globo me chamou! De filho da p...". Depois, mostrou atestados falsos do coração, do fígado, da voz, dos pulmões e da próstata.

Carlos Massa não apresentava seu programa desde a última terça. Na segunda passada, tentou comandar o "Programa do Ratinho" afônico e foi ajudado pelos colegas Milene Pavorô e Santos. As últimas quatro edições foram reprises.

No final de semana, o SBT emitiu um comunicado, em tom de brincadeira, no qual convoca Ratinho para o retorno ao comando do seu programa na emissora: "Comunicado ao apresentador Carlos Massa, vulgo Ratinho! A diretoria do SBT exige o seu comparecimento impreterivelmente nesta segunda para cumprir com as suas obrigações".

Segundo o jornalista Flávio Ricco, do UOL, Ratinho contraiu forte gripe e seu retorno ao ar nesta segunda não estava assegurado.

Condenação por violar leis trabalhistas

Carlos Massa foi condenado em terceira instância a pagar indenização de R$ 200 mil por violar leis trabalhistas, como não conceder intervalo para repouso e alimentação, não fornecimento de equipamentos de proteção individuais adequados e contratações irregulares, em sua antiga fazenda em Limeira do Oeste (MG).

O caso foi julgado no TST (Tribunal Superior do Trabalho) pela ministra Dora Maria da Costa, após uma ação do Ministério Público do Trabalho contra o apresentador a partir de denúncias de trabalhadores no início de 2010. Segundo a defesa de Ratinho, ele era sócio da propriedade e vendeu a sua parte em abril do mesmo ano.

De acordo com o processo de número 690-88.2010.5.03.0157, foram constatadas as seguintes irregularidades: "Inobservância de normas trabalhistas de natureza cogente relativas à saúde e à segurança do trabalho, porquanto não foram asseguradas condições mínimas de trabalho, com a concessão de intervalo para repouso e alimentação, o não fornecimento de equipamentos de proteção individuais adequados e a configuração do aliciamento de trabalhadores por meio de ‘gatos’, em efetiva contratação irregular de mão de obra, sem observar as garantias mínimas legais".

A defesa negou que Ratinho tenha sido condenado por trabalho análogo à escravidão: "Existe uma condenação pelo descumprimento de três aspectos da legislação trabalhista, mas não por reconhecimento de trabalho análogo à condição de escravo, uma das denúncias do Ministério Público. Isso é um absurdo, não existe".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo