Topo

TV e Famosos

A "egotrip" de Ritinha: como a sereia foi de amada à mais egoísta da novela

Delson Silva/Ag.News
Confusa e egoísta, Ritinha viveu "extremos" junto ao público Imagem: Delson Silva/Ag.News

Do UOL, em São Paulo

20/10/2017 04h00

Diferentemente de outras mocinhas tradicionais, Ritinha (Isis Valverde) é bígama, dissimulada, manipuladora e, para muitos telespectadores, se tornou um poço de egoísmo na reta final de "A Força do Querer", da Globo. Mas nem sempre foi assim.

Durante toda a trama escrita por Glória Perez, Ritinha foi disputada intensamente por Zeca (Marco Pigossi) e Ruy (Fiuk). Se casou com os dois, teve um filho, saiu da fictícia Parazinho, no Pará, e foi morar no Rio de Janeiro.

Com o passar do tempo, a brejeira dublê de sereia foi revelando características pouco comuns a uma protagonista de novela: se tornou mentirosa, egocêntrica e sedutora (só para conseguir o que quer).

A revolta do público foi instantânea, tanto é que, segundo resultado de enquete UOL, 44,20%% dos leitores preferem agora que Ritinha termine sozinha em "A Força do Querer".

Veja a trajetória da confusa Ritinha

Tata Barreto/TV Globo
Ritinha (Isis Valverde) se tornou bígama durante o decorrer de "A Força do Querer" Imagem: Tata Barreto/TV Globo

Doce sereia

Ritinha começou a novela de Gloria Perez apaixonada e sonhadora, se casou com aquele que jurava ser o homem de sua vida. Simultaneamente, criou um jogo de sedução e se envolveu com Ruy (Fiuk), empresário que fora representar a firma de seu pai na Amazônia. Zeca rapidamente descobriu o envolvimento de sua mulher, que fugiu com o amante para o Rio de Janeiro.

Simpática e engraçadinha

A sereia tentou reconstruir uma vida nova no Rio, agora ao lado de Ruy e sua família rica. Aos poucos, a divertida Ritinha --a menina que vinha do interior e se surpreendeu com a cidade grande-- ganhou a simpatia e espaço na história de "A Força do Querer".

Daniel Delmiro/AgNews
Ritinha promoveu vários embates com a sogra, Joyce (Maria Fernanda Cândido), em "A Força do Querer" Imagem: Daniel Delmiro/AgNews
Divisor de águas

Ritinha vivia às turras com a sogra, Joyce (Maria Fernanda Cândido), que dizia não confiar no caráter da sereia. O embate entre as duas era constante. A madame tentou mudá-la para uma "dama da alta sociedade". Sempre em vão. E o público torcia para Ritinha (pelo menos até então).

Caráter duvidoso

A sereia foi informada por uma amiga que bigamia é considerado crime no Brasil. Desesperada, ela então passou a mentir para Ruy e a correr atrás de Zeca. O objetivo dela não era voltar com o caminhoneiro, e sim que ele desse o divórcio imediatamente.

Egoísta ao extremo

Mas o que culminou mesmo com a revolta do público de "A Força do Querer" foi quando Ritinha se aproximou de Jeiza, que ainda chorava a perda de um colega militar, para pedir que a policial não falasse mal dela em uma audiência com o juiz, que decidiria com quem Ruyzinho deveria ficar.

Estevam Avellar/TV Globo
Rivais, Ritinha pediu a Jeiza (Paolla Oliveira) para que a policial não falasse mal dela em audiência com juiz Imagem: Estevam Avellar/TV Globo

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais TV e Famosos