Topo

Famosos

Marca reconhece "equívoco" em campanha com Ruy Barbosa e exclui slogan

Divulgação
Marina Ruy Barbosa estrela de campanha de papel higiênico Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

25/10/2017 09h18

A marca Personal decidiu por retirar o slogan "Black is Beautiful" após uma enxurrada de críticas recebidas na internet pela campanha do "primeiro papel higiênico preto do Brasil" estrelada por Marina Ruy Barbosa.

A peça publicitária foi criada pela empresa Neogama. Em comunicado divulgado nas redes sociais, a Personal reconheceu que houve uma "associação equivocada da frase adotada pelo movimento negro".

"Sempre é tempo de aprender. Tomamos a decisão de retirar o slogan da campanha e pedir desculpas para cada pessoa que, de alguma forma, se sentiu ofendida por nossa escolha", informou a Personal (leia o comunicado abaixo na íntegra). 

Marina Ruy Barbosa pede desculpas

 
Como estratégia de divulgação do produto, foi usada a hashtag #BlackIsBeautiful, e foi aí que a polêmica começou. 
 
Internautas se mostraram indignados com a referência (Black Is Beautiful), movimento cultural disseminado nos anos 60 nos Estados Unidos e que visava empoderar negros.
 
Diante da repercussão, Marina Ruy Barbosa fechou os comentários do post que fez sobre o lançamento em sua conta do Instagram, mas diante das críticas acabou resolvendo se manifestar e pediu desculpas pela campanha.  

 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!