Topo

Famosos

Latino mostra as cinzas da cremação de Twelves: "Uma semana que ele se foi"

Reprodução/Instagram
Latino mostra cinzas e certificado de cremação de Twelves Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL

27/03/2018 16h58

Latino relembrou em seu Instagram na tarde desta terça-feira (27) a morte de seu macaco de estimação, Twelves. O cantor publicou uma foto mostrando as cinzas e o certificado de cremação do animal.

"Hoje faz uma semana que ele se foi", escreveu.

Twelves morreu após fugir da casa de Latino e ser vítima de um atropelamento. O cantor, que pagou pela cremação do macaco prego em um cemitério de animais, receberá um diamante feito dos restos mortais de seu companheiro. O agente do músico, Francimar Vaz, recebeu a proposta de um crematório de Curitiba que oferece o serviço de produção artesanal do diamante elaborado a partir das cinzas tanto de humanos quanto de animais.

Segundo o site oficial da empresa, a pedra leva aproximadamente três meses para ser produzida e entregue ao cliente, que pode escolher a cor do diamante, entre transparente e tons de azul. Com o diamante em mãos, Latino poderá transformar o presente em pingente ou mesmo em anel.

Procurada pelo UOL, a assessoria de imprensa de Latino confirmou que ele aceitou o presente e ficou muito feliz pela lembrança que terá para sempre de Twelves. Em uma enquete promovida em sua conta do Instagram, ele perguntou a seus seguidores se deveria aceitar a homenagem. Mais de 80% dos votos concordaram com o mimo.

Abalado, Latino recebe apoio da noiva

 Em virtude da morte de Twelves, que tinha cinco anos de idade, Latinou adiou a gravação do clipe com MC G15. A noiva do cantor, Jéssica Rodrigues, passou a se envolver ainda mais com os preparativos. É ela quem cuidará de detalhes como produção e escolha do figurino.

"Latino precisa mais do que nunca de mim nesse momento. Cancelei todos os meus compromissos para estar ao lado dele", disse a personal.

"Animal silvestre não é pet"

A Organização Não-Governamental Ampara Silvestre, que luta pela defesa dos direitos e respeito aos animais, publicou em seu Instagram uma nota criticando o cantor Latino por tratar seu macaco como um animal doméstico.

"Primeiramente gostaríamos de deixar claro que a morte do macaquinho também doeu em nós, mas não podemos deixar de nos posicionar sobre mais uma caso de animal silvestre tratado como pet. Twelves era um macaco prego. Que era vestido como humano, usava coleira, era tratado como uma criança. Seus instintos não eram respeitados, sua liberdade lhe foi tirada, ou melhor, nunca teve direito a ela. Nasceu para ser status", diz o post.

Até o momento, Latino não se manifestou publicamente sobre a crítica da ONG.