Topo

Televisão

"Deus é justo", debocha Diego após eliminação de Munik e Anderson

Reprodução/TV Record
Diego e Franciele na final do "Power Couple Brasil" Imagem: Reprodução/TV Record

Gilvan Marques

Do UOL, em São Paulo

29/06/2018 02h03

Após retornar ao "Power Couple" e fazer um pedido de desculpas público, o casal Diego e Fran, que foram expulsos da terceira edição do reality, comemoraram a eliminação precoce de Munik e Anderson durante a final, nesta quinta-feira (28).

"Deus é justo. Eu penso assim: se ele tirou a oportunidade de mim e da minha esposa de estar lá no programa, sim, eu comemorei. Foi sensacional e valeu muito a pena vir aqui", disse Diego em conversa com o UOL. "Nem quero um aproximação com eles [Munik e Anderson, depois do programa]. Sabe por quê? É perigoso. Quero distância", completou.

Ele e a mulher se envolveram em uma confusão no reality show, mas a direção decidiu expulsar apenas o casal "FranGo". Na briga, Anderson chamou um motorista da produção de "viado, baitola", e Diego se irritou e teria ameaçado agredir o colega de confinamento.

Em tom de desabafo, o ex-BBB também demonstrou revolta com a eliminação, disse que os foram prejudicados pela edição do programa e que o correto seria tirar todos os envolvidos e não apenas um casal. A eliminação precoce de Anderson e Munik, que pelo desempenho fraco na prova final não chegaram a disputar a preferência do público, causou revolta nas redes sociais.

"O justo seria sair os dois", avalia Fran

Questionada sobre a discussão que provocou a saída dos dois,  Munik disse que "o que foi feito foi justo, foi o certo, e o que passou, passou". "Agora o caso está enterrado", minimizou.

Diretor da atração, Rodrigo Carelli defendeu a expulsão de Diego e Fran dizendo que as regras foram seguidas. "Nada aconteceu com outro casal porque não havia imagens", disse ele.