PUBLICIDADE
Topo

Famosos

"Fui sincero com a Claudia Leitte", diz Silvio Santos sobre polêmica

Silvio Santos e Claudia Leitte no encerramento do Teleton 2018 - Reprodução do YouTube
Silvio Santos e Claudia Leitte no encerramento do Teleton 2018 Imagem: Reprodução do YouTube

Jonathan Pereira

Colaboração para o UOL

17/12/2018 07h33

Silvio Santos falou pela primeira vez da polêmica com Claudia Leitte no Teleton, quando recusou um abraço da cantora afirmando que ficaria excitado, deixando-a constrangida. O assunto veio à tona durante o "Jogo dos Pontinhos" deste domingo (16).

"Você que andou distribuindo essas camisetas 'mexeu com uma, mexeu com todas?' só porque eu fui sincero com a Claudia Leitte? Eu fui sincero, o que eu vou fazer? Ela vem bonita perto de mim", disse o apresentador para Lívia Andrade. "Eu mexo com a Helen [Ganzarolli] porque ela deixa, com você não porque você não deixa, mas 'mexeu com uma, mexeu com todas', eu posso mexer com a Flor, com você, com a Mara Maravilha...", disse.

"Eu já cantei você uma porção de vezes, mas você não quis dar. É diferente, que eu cantei, eu cantei. Se você não concordar em dar, você vai embora. Por que você acha que eu dei aumento para a Ganzarolli? Ganhava R$ 25 mil, agora R$ 100 mil", continuou o dono do SBT.

Denúncia por carta

Silvio colocou fogo no quadro ao dar para Lívia ler uma carta anônima em que alguém supostamente denunciava sua ação nos bastidores. "Você tem mania de dizer que é perseguida, que todo mundo pega no seu pé... você é comportadinha, então?", quis saber. "Não, mas não sou dessas que fica se vitimizando, que fica de mimimi, chororô. Eu resolvo meus problemas", respondeu a ex-Mallandrinha. 

Silvio deu a carta para que ela lesse. "Livia Andrade maltrata funcionários. Ela berra, se acha e é uma pessoa arrogante e desagradável - claro, não quando você está perto dela. Outro dia deu um show de arrogância, jogou as roupas que o SBT oferece no chão e pisou em cima delas. Recusou vestir as roupas do SBT e maltratou figurinistas. Pergunte para o chefe dos camarins ou para sua camareira que ela vai confirmar o que estou falando. Assinado, Mara Maravilha", dizia a carta. Mara afirmou imediatamente não ter escrito aquilo.

"Calúnia e difamação a gente sabe de onde vem. Se você perguntar até para o pessoal do RH, vão te dizer quem é Lívia Andrade. É só ir lá e ver se tem uma reclamação sobre a minha pessoa", respondeu Lívia. "Aonde há fumaça, há fogo, Silvio", provocou Fabiano Wicher, diretor do programa. Os colegas da bancada saíram em sua defesa, mas Mara preferiu se isentar.

"Bem, primeiro o justo não se justifica, Não quero me defender porque não fui eu que mandei [a carta]. Em relação à pessoa dela, prefiro dizer q não a conheço. Quando a gente não conhece direito, o melhor a fazer é passar um zíper na boca. Eu não perderia meu tempo, ela pode acreditar que não fui eu [que escreveu]. Tudo o que a gente deseja para os outros volta para a gente, O que eu desejo para mim, desejo em dobro para ela", disse a apresentadora, que em agosto foi afastada do "Fofocalizando" por desavenças com os colegas.

Em outro momento, Mara aproveitou para excluir a colega. "Se o SBT quisesse um programa feminino como o da Fátima Bernardes, a Helen [Ganzarolli], a Flor, eu ou a Patrícia [Abravanel] daria conta".

As alfinetadas não pararam por aí. "Viu o presente que te dei? Parcelei em dez vezes", disse a cantora para Silvio, que completou semana passada 88 anos. Ele quis saber se Lívia já tinha lhe presenteado também. "Ainda não. Todo ano eu dou presente, e não venho falar para todo mundo aqui. Mando a sua secretária te entregar porque acho uma ousadia te pegar pelo braço e ficar dando coisinhas".

"A Fazenda"

Mara ainda revelou seu cachê em "A Fazenda 8". "Eu participei, ganhei R$ 300 mil", afirmou. Carlinhos Aguiar contou também quanto seu filho, Caíque Aguiar, ganhou de cachê pela atual edição, em que terminou em terceiro lugar com apenas 1,72% dos votos. "Foi depositado direto na minha conta R$ 100 mil", garantiu.

Famosos