PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Otávio Mesquita diz que errou ao acusar atrizes de ignorarem João de Deus

Otávio Mesquita admite que errou ao acusar atrizes de se omitirem no caso João de Deus - Reprodução/Instagram/otaviomesquita
Otávio Mesquita admite que errou ao acusar atrizes de se omitirem no caso João de Deus Imagem: Reprodução/Instagram/otaviomesquita

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

18/12/2018 15h18

Otávio Mesquita voltou atrás e admitiu ter errado ao acusar famosas da campanha "Mexeu com uma, mexeu com todas" de se omitirem sobre as acusações de abuso sexual contra o médium João de Deus. O apresentador do SBT recebeu críticas de artistas avisando que elas se manifestaram sobre o caso e atribuiu o equívoco à falta de tempo para acompanhar a tag usada pelas atrizes.

"Meus amigos, eu vou ser curto e grosso aqui. Eu não consigo seguir todas as hashtags que existem por aí, até por conta de tempo, do meu trabalho, enfim, do dia a dia. No entanto, eu errei quando fiz um posicionamento sem ter lido qual era o posicionamento da hashtag 'Mexeu com uma, mexeu com todas'. Então, estou aqui corrigindo este erro de uma maneira tranquila, sem o menor problema", disse, em vídeo.

O apresentador também apagou a publicação anterior, em que criticava o movimento "Mexeu com uma, mexeu com todas" e disse ter a mesma opinião das atrizes sobre o caso João de Deus.

"Por último, esse cara que fez esta bobagem, que está sendo acusado disso, se culpado for, e parece que tudo leva a isso, vai pagar pelo que fez e tem que ser afastado das pessoas. Combinado? Fica aqui o registro, novamente, corrigindo. Eu quero dizer a vocês que a hashtag 'Mexeu com uma, mexeu com todas' se posicionou contra ele, como eu também estou me posicionando, e ponto final. Não estou aqui me defendendo e pedindo desculpas, estou só esclarecendo um erro, que eu devia ter seguido com mais tempo", concluiu.

As atrizes que se posicionaram contra João de Deus e criticaram Otávio Mesquita o parabenizaram pela postura e pela correção.

"Boa, Otávio. E da próxima vez aproveite para criticar o abusador, não quem se manifestou contra ele", comentou Alice Wegmann. "Obrigada, Otávio! Que bom que você está com a gente nessa luta!", agradeceu Nathalia Dill. "Obrigada, Otávio. E que o abusador não saia da pauta até que a Justiça seja feita", escreveu Astrid Fontenelle.

"Obrigada por deletar seu vídeo dizendo que o 'Mexeu com uma, mexeu com todas' era seletivo e não tinha se pronunciado sobre o caso. Ainda bem que você leu nossas mensagens e viu que foi um equívoco. Uma ideia é fazer um vídeo demonstrando sua indignação e revolta com quem cometeu o erro, contra o abusador, no caso", comentou Kéfera. "Claro, erros ocorrem! Beijo", respondeu Otávio.

Na manhã desta terça, Otávio Mesquita publicou um vídeo questionando uma suposta omissão de atrizes da campanha "Mexeu com uma, mexeu com todas" sobre o caso João de Deus, sem saber que elas já tinham se manifestado contra o assédio quando havia 330 denúncias --hoje, ultrapassaram 500.

"Tô com uma dúvida aqui. Meus colegas da mídia, artistas, as atrizes, apresentadoras, que se voltaram contra o Bolsonaro em diversos momentos, que se refere a sexualidade, agressão contra mulheres, não vi nenhum depoimento até agora sobre o João de Deus --que para mim é do capeta, João do Belzebu--, que está sendo acusado por mais de 300 mulheres. Cadê vocês? Não vi nada até agora. Cadê? Estão perdendo a credibilidade", disse.

Famosos