PUBLICIDADE
Topo

Televisão

Porchat, Calabresa e Madureira defendem Danilo Gentili após condenação

Danilo Gentili recebe apoio de vários colegas de profissão - Lourival Ribeiro/SBT
Danilo Gentili recebe apoio de vários colegas de profissão Imagem: Lourival Ribeiro/SBT

Ana Cora Lima

Do UOL, no Rio

11/04/2019 16h45

Condenado a uma pena de 6 meses e 28 dias de detenção, em regime inicial semiaberto, pelo crime de injúria praticado contra a deputada federal Maria do Rosário Nunes (T-RS), o apresentador Danilo Gentili recebeu hoje apoio de vários colegas de profissão contrário a decisão da 5ª Vara Federal Criminal de São Paulo divulgada ontem.

Fábio Porchat foi um dos primeiros a se posicionar sobre a condenação de Danilo. "Muito perigoso um político que exige que você apague seus comentários. A não ser que eles sejam criminosos, eles podem ter o teor que for. Goste ou não do conteúdo que o @DaniloGentili falou ou fez, ele tem o direito de fazer. Vivemos tempos sombrios".

Gentili respondeu o comentário do ex-apresentador da Record. "A censura que estava no envelope, achou o que dela? Ignorarem o autoritarismo do envelope e pesar apenas na minha "atitude infantil, sem graça, equivocada" achou o que disso? Eu deveria ter demonstrado respeito com o envelope? O exagero todo foi apenas minha atitude e a sentença? Porchat respondeu: "Acho que quando se parte pra ignorância corre-se o risco de perder a razão. Ou no mínimo, aliados. Ela está no direito dela, se sentiu ofendida. E foi. Apesar de achar as suas palavras à ela péssimas, acho que você tem o direito de dizê-las e ser condenado à prisão um exagero".

Dani Calabresa também defendeu o colega de profissão: "Putamerda viu, sou asmática gente! Não tenho condições de levá cigarro pro @DaniloGentili na cadeia. Nem celular na petchequers #GentiliLivre". Outros artistas também se manifestaram a favor do apresentador como Oscar Filho, Marcelo Madureira, Duda Nagle, Maurício Meirelles.

Em 2016, Danilo Gentili publicou mensagens ofensivas chamando a deputada de "nojenta", "falsa" e "cínica". Em resposta, Maria do Rosário processou o apresentador do "The Noite". O apresentador poderá recorrer da sentença em liberdade.

Televisão