Topo

Famosos


Filha critica "patrulha" a Regina Duarte: "Politicamente, ela é coerente"

Chistian Gaul/Divulgação
Regina Duarte e a fillha Gabriela Imagem: Chistian Gaul/Divulgação

Gilvan Marques

Do UOL, em São Paulo

2019-04-20T04:00:00

20/04/2019 04h00

Filha de Regina Duarte, Gabriela Duarte defendeu o ativismo político da mãe e criticou o que chamou de "patrulha" promovida nas redes sociais.

"A minha mãe sempre defendeu [a democracia] e existe uma coerência crítica em tudo que ela faz. Politicamente, ela é coerente", disse Gabriela ao UOL, durante a apresentação do Cirque du Soleil, em São Paulo, na quinta.

Cada vez mais ativa nas redes sociais, a global já defendeu a extinção do STF (Supremo Tribunal Federal), aderiu à campanha pelo voto aberto em eleição para presidente do Senado e garantiu que a homofobia de Bolsonaro é "da boca para fora".

Em 2002, Regina participou da campanha do então candidato à presidência José Serra (PSDB). No vídeo, pelo qual ficou marcada, a atriz afirmava ter medo de que o "outro candidato" --no caso, Lula-- vencesse as eleições. Lula acabou eleito. Em 2018, Regina não participou da campanha na TV, mas declarou apoio público a Bolsonaro.

O ativismo da atriz veterana de 72 anos e com mais de 40 trabalhos entre novelas e séries atraiu a simpatia de alguns, mas também provocou a fúria de outros --dentre eles, colegas de emissora, como José de Abreu e Tássia Camargo.

"Ela não é uma pessoa que, do nada, começou a se expressar, a se colocar e a falar o que pensa. É porque eu acho que a gente vive um momento de Fla-Flu mesmo, nível de torcida, uma coisa feia. Então, eu acho que todo tipo de 'patrulha', de ataque é ruim", protestou Gabriela.

"Temos que agradecer todos os dias pelo fato de vivermos em uma democracia. Mas é óbvio que a democracia implica em muitas coisas, inclusive no direito das pessoas de se expressar, da forma como elas querem e naquilo que elas acreditam".

Errata: o texto foi atualizado
STF significa Supremo Tribunal Federal, e não Superior Tribunal Federal como foi escrito anteriormente. O erro foi corrigido.