Topo

Novela

A Dona do Pedaço


"Beijo gay é o que menos importa", diz Malvino sobre A Dona do Pedaço

João Miguel Júnior/Globo
Agno (Malvino Salvador) vai dar em cima de Rock (Caio Castro) em A Dona do Pedaço Imagem: João Miguel Júnior/Globo

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

2019-06-13T04:00:00

13/06/2019 04h00

O misterioso Agno, personagem de Malvino Salvador em A Dona do Pedaço, tem intrigado o público ao rejeitar as investidas da mulher Lyris (Deborah Evelyn), em cenas muitas vezes cômicas. Recentemente, ele inventou um jantar de negócios para não corresponder ao jogo de sedução da mulher, aparece com frequência mexendo no seu celular e foi visto circulando de carro por um ponto de prostituição.

Malvino conversou com a imprensa nos bastidores da novela, no Rio, e disse que entende que seu personagem não teve coragem de sair do armário por preconceito e opinou sobre a possibilidade de uma cena de um beijo gay.

"Todo mundo tem passado, presente e futuro. O que eu entendo é que o Agno é um cara que na juventude sofria com preconceito e não queria se mostrar, tinha medo, como tem até hoje. De certa forma, fez com que ele ficasse travado. Não sei se algum dia ele teve interesse pela mulher".

O público ainda não viu, mas em breve, Agno será flagrado por Fabiana (Nathalia Dill) conversando com um garoto de programa. Com esse segredo, ela vai propor que Rock (Caio Castro) dê em cima do marido de Lyris para chantageá-lo.

"O Rock está sendo mais manipulado por Fabiana porque ele tem uma vontade de ser campeão de boxe. No passado, o Agno foi campeão de boxe, então ele começa: 'Você quer patrocínio?', 'Vou te dar aula'... Ele vai começar a dar em cima e o Rock, a princípio, começa a fugir dele", adianta Malvino.

Caio Castro diz que não sabe se seu personagem vai corresponder às investidas de Agno. "Comecei a fazer alguma coisa do personagem dele dar em cima do meu. Agora que vai começar a dar mais uma movimentada, vai repercutir mais, acho que é o que o público está esperando", conta.

Um beijo entre os personagens também não foi confirmado, mas Walcyr Carrasco tem um histórico de mostrar cenas assim em suas tramas. Foi assim em "Amor à Vida", entre Félix (Mateus Solano) e Niko (Thiago Fragoso) e entre Stephanie (Yasmin Brunet) e Mayra (Rhaisa Batista) no final de "Verdades Secretas" (2015).

"Se tiver, não vou ter problema nenhum, isso é o que menos importa. O que mais importa é o que esse personagem pode levar de questionamento. Quem se importa com vai ter beijo, não vai ter beijo, isso aí é menos importante. Uma coisa que o Caio (Castro) falou e que concordo com ele: acho que só não tem que ser gratuito. Não é só de homem com homem não, um beijo heterossexual também", explica Malvino.

"Acho que tem que ter um motivo concreto e nem sei se vai acontecer porque a princípio o Rock não está dando bola para ele, fica fugindo. Inclusive nós fizemos umas cenas engraçadas em que o Rock fica desesperado querendo fugir dele e o Agno está ali: 'Vou te pegar'", completa.

Divulgação / TV Globo
Lyris (Deborah Evelyn) e Agno (Malvino Salvador) Imagem: Divulgação / TV Globo

Rejeições à mulher

As cenas com Lyris, com pitadas de humor, tem agradado o público. Recentemente, após muita insistência, ela conseguiu arrastar o marido para a cama, mas o ato durou apenas 18 segundos.

"Ela é uma tarada, né? Pula pra cima do Agno", diz o ator, rindo. "Mas é que realmente ele não está correspondendo, as cenas estão dentro de um contexto real, que é possível de acontecer. Acho que uma hora vão aparecer esses dramas, vai haver uma virada em relação ao personagem do Agno, que ele vai mostrar quem ele é".