Topo

Famosos


Gissoni sobre apoiadores de Bolsonaro: "Não se responde gado nem robô"

Bruno Gissoni - Reprodução/Instagram
Bruno Gissoni Imagem: Reprodução/Instagram

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

14/06/2019 10h02

O ator Bruno Gissoni, que se indignou com uma publicação do Flamengo, no Instagram, que mostra Jair Bolsonaro e Sérgio Moro ao lado de dirigentes do clube, passou a receber inúmeros comentários de reprovação feitos por apoiadores do presidente da República.

Gissoni preferiu não responder diretamente aos simpatizantes de Bolsonaro, mas deu um recado: "Não se responde gado, muito menos robô".

O ator, que é flamenguista, reprovou a atitude do clube e deixou três mensagens na página do Flamengo.

"Que vergonha! Apaga! O que passa na cabeça de vocês? Prefiro o Pará titular pro resto da história do Flamengo. Diz que o Insta foi hackeado! Nojo!", disparou. "Um comentário só não basta. Vocês estão de sacanagem", afirmou Gissoni.

Na legenda da foto, o clube escreveu: "O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e o Ministro da Justiça, Sergio Moro, acompanham o jogo do Flamengo ao lado de dirigentes rubro-negros no Mané Garrincha".

Bolsonaro foi presenteado com um uniforme do Flamengo, que ele usou no início do jogo de quarta-feira entre o time rubro-negro contra o CSA pelo Campeonato Brasileiro no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Também estavam presentes o general Hamilton Mourão, vice-presidente da República, Paulo Guedes, ministro da Economia e o deputado Hélio Lopes (PSL-RJ). O Flamengo venceu o CSA por 2 a 0.

Tanto a assessoria do ator quanto a do Flamengo foram procuradas pela reportagem do UOL, mas até o momento não se manifestaram.

Famosos