Topo

Televisão


Programa tem 0,5 ponto na TV e 1 milhão no YouTube: "Já evitamos suicídios"

Mariana Cavalcanti/TV Gazeta
A apresentadora Carol Minhoto posa com a equipe do Você Bonita, da Gazeta, e a placa de 1 milhão de inscritos do YouTube Imagem: Mariana Cavalcanti/TV Gazeta

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

2019-06-21T04:00:00

21/06/2019 04h00

O que significa fazer sucesso na televisão? Para quase todas as emissoras, só o Ibope conta. Entretanto, o programa Você Bonita, da Gazeta, é um exemplo de relevância mesmo com números modestos na TV. O segredo está na internet. A atração, que tem média de 0,5 ponto de audiência (menos de 40 mil casas em São Paulo), superou 1 milhão de inscritos no YouTube.

A marca surpreendeu a própria Gazeta, que passou a enxergar na web uma alternativa para expandir sua programação, pouco vista em rede nacional. Você Bonita tem mais seguidores na internet do que dois carros-chefes da emissora, Mulheres e Mesa Redonda, e bate atrações de outras emissoras com audiência maior na TV.

Mariana Cavalcanti/TV Gazeta
Carol Minhoto segura placa de 1 milhão de inscritos do Você Bonita Imagem: Mariana Cavalcanti/TV Gazeta
Mas, afinal, por que Você Bonita alcança tantas pessoas na internet? Para a apresentadora, Carol Minhoto, e a diretora, Glaucimara Marzenatti, o programa tem credibilidade por ser o primeiro na TV a apostar em saúde --o Bem Estar estreou quatro meses após a atração da Gazeta e, em abril deste ano, foi "rebaixado" a quadro.

"Em nove anos, o ibope nunca mexeu com a estrutura do Você Bonita. Conquistamos a placa de 1 milhão porque fazemos de forma diferente. Não há forçação de barra. Temos um lema: só trazemos convidados que passem credibilidade ao público. Não trago quem eu sei que não fala a verdade. As perguntas têm que ser respondidas da forma correta", afirma Carol Minhoto ao UOL.

"Há muitas blogueiras, digital influencers e youtubers que falam besteira na internet. Tomamos muito cuidado. Quando não conseguimos nutricionistas ou endocrinologistas, por exemplo, trazemos depoimentos de médicos para complementar", explica Glaucimara Marzenatti.

Montagem/UOL/Reprodução/TV Gazeta
Ana Paula de Souza Brito, telespectadora do Você Bonita, no quadro Transformando Vidas Imagem: Montagem/UOL/Reprodução/TV Gazeta

Reality "real"

A importância de "falar a verdade" mexeu com uma das apostas do programa, o reality Transformando Vidas, que reúne cardiologista, dermatologista, terapeuta, hair stylist, nutricionista e outros profissionais para mudar os hábitos e melhorar a autoestima de uma telespectadora durante seis meses.

Para divulgar a primeira temporada, a emissora convidou uma famosa, a cantora Vanessa Jackson, mas ela burlou as regras do quadro. "Com três meses, ela fez uma cirurgia bariátrica. Não teve paciência de esperar, mudar a cabeça. Optamos por falar a real para o público, que encerraríamos o quadro", relembra a diretora do programa.

"No fundo, ela não topou. Agora, o reality está no ar com uma telespectadora. Dá muito mais valor. A cabeleireira do quadro deu um emprego para ela. Perdeu 12 quilos em dois meses", comemora Minhoto.

Programa salvou vidas

Falar sobre bem-estar na televisão consagrou Carol Minhoto como apresentadora. Formada em rádio e TV com pós-graduação em jornalismo, ela começou vendendo produtos fitness no Best Shop TV, programa de vendas da Gazeta nos anos 2000. É a única remanescente da equipe original da estreia do Você Bonita, no ar desde 2010.

"Fui chamada para apresentar porque já fazia o estilo de vida saudável, treinava, acreditava nesse conteúdo em uma época que ninguém falava disso. Me achavam uma louca, sofri muito bullying na época", recorda. "Falaram que o programa era a minha cara. Foi muito bacana. O Você Bonita é o meu primeiro filho. Depois veio o João", brinca Carol, citando o filho de seis anos.

Paulo Pacheco/UOL
Carol Minhoto exibe boneca enviada por telespectadora que desistiu de se matar Imagem: Paulo Pacheco/UOL
A apresentadora já usava as redes sociais dentro do programa e lia perguntas do público antes de a interatividade virar moda. Hoje, ela sente a responsabilidade de ser autêntica e prestar serviço de qualidade ao público que a assiste na TV ou na internet e lota sua caixa de mensagens com sugestões e histórias. Carol guarda em seu camarim o presente de uma telespectadora carregado de emoção.

"Ela me deu essa boneca quando eu estava grávida, é a coisa mais linda. Ela me acompanha desde o Best Shop TV. Ela ia se matar e, um belo dia, ligou a TV e me viu cantando e dançando. Tem meu telefone, e eu a convidei para me ver na maternidade quando meu filho nasceu. Todo ano ela vem assistir os programas e fala: 'Você salvou minha vida'", conta Carol, emocionada.