PUBLICIDADE
Topo

Televisão

Batoré chora ao falar sobre retorno à Praça é Nossa: "Tive dificuldades"

Divulgação/SBT
Imagem: Divulgação/SBT

Do UOL, em São Paulo

05/09/2019 12h50

Ivanildo Gomes, mais conhecido como Batoré, falou sobre seu retorno ao programa A Praça é Nossa durante entrevista ao The Noite com Danilo Gentili.

No bate-papo, que foi ao ar nesta quinta-feira (5), o humorista contou que as pessoas o paravam nas ruas para cobrar que ele voltasse à atração.

"Criei para a praça e não vejo o personagem em nenhum outro programa. Personagem é melhor ter um bom do que 15 meia boca", opinou.

Ao falar da primeira gravação após 15 anos longe do humorístico, Batoré se emocionou ao falar que chorou três vezes durante a gravação.

"Tive dificuldades para decorar o texto, pois desacostumei. Meu filho me ajudava", revelou. "Quando fui gravar o primeiro programa, a impressão que dava era que ele (filho) era meu pai, me acompanhando para fazer uma entrevista de emprego".

Atualmente com o stand up Di Lascá, o ator explica as razões de ter se afastado dos palcos: "Fiquei 8, 10 anos sem fazer show. Justamente para não dar margens para piada e mostrar que eu queria levar a política a sério (...) Tenho a intenção de fazer um filme do Batoré ligado ao cangaço. Porque Serra Talhada (seu local de nascimento) tem o rei do cangaço que é Lampião".

Televisão