Topo

Famosos


Cleo critica positividade tóxica: "Nem sempre eu sou feliz com meu corpo"

Reprodução/YouTube
Imagem: Reprodução/YouTube

Do UOL, em São Paulo

19/11/2019 13h21

Cleo Pires bateu um papo com Sabrina Sato, para o quadro The Walk Show, no canal da apresentadora no YouTube, em que falou sobre a vida de solteira, aceitação do próprio corpo e a carreira de cantora.

Recente vítima de body shaming nas redes sociais, a artista criticou a "positividade tóxica" que se construiu nessas plataformas.

"Nem sempre eu sou feliz com meu corpo, mas você merece existir, merece ser feliz. Se você não está com o corpo que queria estar, vai atrás. Não consegue? Dá outro jeito! Acho chato esse lance de 'você tem que gostar de como você nasceu'. Por que eu não posso querer construir outra coisa que eu quero ser? Não entendo esse pensamento fechado", opinou ela, que afirmou fazer terapia há muitos anos.

Cleo citou também a frustração com a responsabilidade de dar "continuidade" para a carreira da mãe na televisão, enquanto buscava o sonho de cantar.

"Eu sentia que não podia existir. Se traça um roteiro sobre o que tem que ser, o que pode falar, o que pode gostar. É um pouco frustrante. Por isso, as pessoas acham que eu era rebelde", relembra. "Foi difícil entrar para a carreira [de cantora], achei que fosse morrer. Foi um abismo. Pensava que ia frustrar as expectativas de todo mundo. Primeiro eu tive que assumir pra mim, o que foi solitário. Lembro que dizia para minha primeira empresária que não queria ser taxada como atriz, porque no Brasil não existe atriz e cantora".

Por fim, sobre a vida amorosa, Cleo pontua: "Eu sou intensa. Agora, eu consigo ter o que eu acho ideal em relacionamentos: casos. Esses dias eu vi que estava ficando apaixonada, dei tchau".

Famosos