PUBLICIDADE
Topo

Famosos


Silvio é informado por Íris Abravanel sobre morte de Gugu e fica abalado

Silvio Santos e Gugu Liberato - Luiz Carlos Murauskas/Folhapress
Silvio Santos e Gugu Liberato Imagem: Luiz Carlos Murauskas/Folhapress

Gilvan Marques

Do UOL, em São Paulo

23/11/2019 14h07

Silvio Santos foi informado ainda na noite de ontem pela esposa, Íris Abravanel, sobre a morte do apresentador Gugu Liberato, ocorrida após um acidente doméstico em sua mansão nos Estados Unidos.

O UOL apurou que, após receber a notícia, o dono do SBT ficou abalado, mas não quer falar sobre o assunto. A reportagem apurou ainda que Silvio gravou o quadro "Jogo dos Pontinhos" hoje para ser exibido amanhã. No programa, "Silvio se desligou, não citou o nome de Gugu em momento nenhum, brincou, riu, como se nada tivesse acontecido", informou uma fonte ao UOL.

Amanhã, o Domingo Legal —programa comandado por Gugu entre 1993 e 2009 e, hoje, apresentado por Celso Portiolli— terá quatro horas de homenagens ao artista.

A morte de Gugu Liberato foi anunciada pela família oficialmente na noite de ontem, após sofrer um acidente doméstico na quarta-feira, nos Estados Unidos.

De acordo com nota oficial divulgada por sua assessoria de imprensa, ele teve uma queda acidental de uma altura de cerca de quatro metros quando fazia um reparo no ar condicionado instalado no sótão de sua casa, em Orlando (EUA).

"Novo Silvio Santos"

Com apenas 14 anos, Gugu começou a carreira enviando cartas para Silvio com sugestões de quadros e gincanas. Prestes a fazer aniversário, o apresentador o contratou para trabalhar ao lado dele em seus programas.

De auxiliar de produção, Gugu se tornou apresentador do Sessão Premiada, em 1981, no SBT. No ano seguinte, estreou seu primeiro programa de sucesso, Viva a Noite, formato argentino encomendado por Silvio. Durante dez anos, foi uma das maiores audiências da TV nas noites de sábado.

Na época, Gugu já era chamado de "novo Silvio Santos", rótulo que ele rejeitava. "Silvio não é apenas um apresentador. Ele é um gênio, e os gênios são insubstituíveis", afirmou em entrevista à revista Veja, em 1983.

Em 1987, no auge do Viva a Noite, uma notícia abalou os bastidores da televisão: a Globo contratou Gugu Liberato. Recuperando-se de uma cirurgia nas cordas vocais, Silvio Santos conseguiu reverter o acordo indo pessoalmente à sede da emissora carioca. E trouxe seu pupilo de volta ao SBT.

Famosos