PUBLICIDADE
Topo

Após imagens e ouvir Bianca, Globo não vê motivos para expulsar Petrix

Bianca Andrade foi chamada no confessionário para falar sobre a festa - Reprodução/TV Globo
Bianca Andrade foi chamada no confessionário para falar sobre a festa Imagem: Reprodução/TV Globo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

26/01/2020 23h31

Pouco antes da formação do primeiro paredão do BBB 20 na noite de hoje, Tiago Leifert falou com o público sobre as duas polêmicas que bombaram nas redes sociais após a primeira festa do reality: a acusação de assédio de Petrix com Bianca e o empurrão de Bianca em Rafa Kalimann. "Concluímos que não há elementos para punir nenhum dos participantes", explicou o apresentador.

Sobre a acusação de assédio, Leifert deixou claro que a direção do programa considerou que o episódio envolvendo Petrix e Bianca não era passível de expulsão. O brother chacoalhou a sister, que estava bêbada, durante a festa do programa, o que revoltou o público nas redes sociais. Leifert mostrou o VT do momento do suposto assédio e informou que a produção chamou Bianca para o confessionário para esclarecer a situação.

No VT mostrado, Bianca negou que tenha se sentido assediada por Petrix. "Zero desconforto, e a intenção com certeza era me animar. Está tudo bem". Sobre a acusação de um empurrão de Bianca Andrade em Rafa Kalimann, a mineira também foi chamada ao confessionário e deixou claro que não se sentiu agredida pela colega. "Não, está tudo bem. Não considero que aconteceu nada não".

Mesmo após a participante conversar com a direção do programa, os responsáveis pela atração analisaram novamente a situação antes de decidir se o ato de Petrix era passível de punição.

Rafa Kalimann também foi chamada no confessionário por desentendimento com Bianca Andrade - Reprodução/TV Globo
Rafa Kalimann também foi chamada no confessionário por desentendimento com Bianca Andrade
Imagem: Reprodução/TV Globo

Especial BBB20