PUBLICIDADE
Topo

Famosos


Problema não é elogiar corpo, mas diminuir o trabalho, diz Paolla Oliveira

A atriz Paolla Oliveira - Reprodução/Instagram
A atriz Paolla Oliveira Imagem: Reprodução/Instagram

Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

07/02/2020 04h00

Há cinco anos, Paolla Oliveira estrelou um dos papéis mais marcantes de sua carreira, a sedutora Danny Bond, de "Felizes Para Sempre". Até hoje, uma cena que viralizou na internet, na qual Paolla aparecia seminua, é lembrada e comentada. A atriz não vê problema com elogios ao seu corpo, mas enfatiza que o importante é a mensagem da cena.

"Aquela cena não é a objetificação, não é a mulher se expondo de uma maneira ruim. É a mulher se impondo acima daquele cara, um deputado corrupto, e que todo mundo estava torcendo para que ele se desse mal. Aquela cena era maior do que estar nua, era: 'Eu sou mais do que você'", afirmou com exclusividade ao UOL.

"Eu não vejo problema em falar de beleza, que a cena é bonita, que o corpo estava bonito. Eu não vejo problema nisso, vejo quando o trabalho é diminuído. No final das contas, se falou muito, virou um ícone, as pessoas lembram disso, mas meu trabalho também foi muito valorizado", completou.

Reprodução/TVGlobo
Imagem: Reprodução/TVGlobo

A declaração foi dada durante um ensaio da atriz para a marca Pandora. Ela será garota-propaganda da próxima campanha da marca ao lado de Camila Queiroz. As duas serão as responsáveis por representar a marca na comunicação no Brasil durante este ano.

Tanto Paolla Oliveira como Camila Queiroz estiveram em um estúdio para fazer um ensaio para a marca ontem. A campanha irá ao ar a partir de março.

A atriz ainda ressaltou que as mulheres podem se mostrar da forma que se sentirem mais felizes, seja com sensualidade ou não. "Acho que tem espaço para tudo hoje. O mais legal: a mulher pode se mostrar do jeito que ela quiser. Se ela quiser se apresentar pelo seu corpo, está tudo bem. Se ela quiser se apresentar pelo seu intelecto, sua família, tudo junto. O mais legal é isso, quando a gente fala da modernidade, feminismo, desse discurso de direitos iguais: eu posso me mostrar da maneira que eu quiser. E isso parte talvez do corpo", falou.

"A gente acaba se contradizendo quando fala: virei objeto. Se eu quiser...Como eu desejo me mostrar? Se eu quiser me mostrar, talvez, através da minha aparência, está tudo certo"

Feminismo e sororidade

Camila Queiroz e Paolla Oliveira participam de campanha da Pandora - Divulgação
Camila Queiroz e Paolla Oliveira participam de campanha da Pandora
Imagem: Divulgação

Paolla Oliveira ainda ressaltou a importância da união das mulheres e como o debate sobre o feminismo tem ficado cada vez melhor.

"A gente está discutindo bastante, mas é engraçado como eu já vejo algumas coisas um pouco mais assentadas. As pessoas não falam do feminismo com status de discussão. E é isso que se espera, que as pessoas entendam que o discurso feminista tem a ver com igualdade e não correr à frente. A gente está tentando tirar um atraso de temperamento, de condições, de equilíbrio salarial", destaca ela."Acho muito ignorante quem não vê esse discurso feminista como uma coisa que faz mais parte do nosso dia a dia. Já existiu o momento de não entender, de as pessoas acharem que é uma guerra, e não é", completa.

A atriz também diz que entender o que significa sororidade é fundamental e que as mulheres precisam estar cada vez mais unidas. "Acho que as pessoas nem sabem exatamente o que significa essa palavra. Acho que isso tem a ver com educação. A gente tem que discutir, debater, dar oportunidade para o outro aprender. Realmente é uma palavra nova, que deve ser falada mais, que as pessoas devem procurar saber o que é. Acho que antes de falar de machismo a gente tem que falar de união feminina."

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Eterna Vivi?

Já faz alguns meses que Paolla deixou para trás o manto de Vivi Guedes, da novela "A Dona do Pedaço". Entretanto, a atriz afirma que ainda é reconhecida como a digital influencer. "Ela está presente. As pessoas me chamam de Vivi ainda. Ontem eu tirei foto no aeroporto: 'Vivi, nossa, minha mulher te amava muito na novela'. Eu não ligo, eu gosto", relata.

Ela também diz que está aprendendo a lidar com as redes sociais e a interagir com o público em sua vida pessoal. "O artista, de uma forma geral, fala tanto de privacidade. De repente, a gente é exposta por querer em uma rede, para todo mundo ver. Acho que é um equilíbrio. Ainda estou encontrando", finaliza.

Famosos