PUBLICIDADE
Topo

Eliminada na casa de vidro, ex-BBB Renata critica atitude de Pyong

Divulgação/Victor Pollak/TV Globo
Imagem: Divulgação/Victor Pollak/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

11/02/2020 10h04

Uma das eliminadas da Casa de Vidro, Renata Furtado criticou a atitude de Pyong durante a 20ª edição do Big Brother Brasil. No último fim de semana, o participante tentou beijar Marcela e passar a mão em Flayslane.

"O programa e os participantes têm uma visibilidade grande. Quando vejo isso, logo me lembro de quantas crianças iam à Casa de Vidro, de quantas veem o programa. Quem está lá dentro tem que pensar em dar um bom exemplo e passar uma imagem bacana", disse, em entrevista à coluna de Patrícia Kogut, no jornal O Globo.

Na avaliação de Renata Furtado, qualquer atitude dentro da casa tem grande repercussão fora."Por mais que essas polêmicas façam o reality ter uma repercussão grande, só consigo pensar no quão errado pode ser para algumas pessoas que estão vendo TV",

Renata Furtado já havia manifestado desaprovação a outro participante recentemente. Durante participação no programa Mais Você, ela disse que se sentia desconfortável por estar sentada na mesma mesa do que Petrix, que foi acusado de abuso.

Ela falou sobre o episódio para o jornal O Globo. "Quando eu estava na Casa de Vidro, fiquei sabendo de muitas coisas sobre o Petrix. E eu sou do esporte, valorizo a história dele. Na casa, porém, ele teve atitudes que o público desaprovou e eu também. Aí, no dia em que fomos ao 'Mais você', íamos tomar café separados, mas a produção decidiu juntar todos nós na mesa. Apertamos as mãos por educação, me sentei do lado oposto e disse que não conseguia olhar para ele. E o Brasil aplaudiu", disse.

Ela ainda contou bastidores sobre o encontro. Depois, com as câmeras desligadas, continuamos na mesa e Patrícia Poeta e Fabricio Battaglini abriram o jogo com ele sobre o que estava acontecendo. Ele disse que estava perdido, pediu perdão e tentou se justificar" disse.

Especial BBB20