PUBLICIDADE
Topo

Prestes a fazer 90 anos, Lima Duarte critica Bolsonaro: 'Quer que eu morra'

Lima Duarte - Reprodução / Instagram
Lima Duarte Imagem: Reprodução / Instagram

Colaboração para o UOL

26/03/2020 10h42

Completando 90 anos neste domingo, Lima Duarte está isolado no sítio, onde vive, no interior de São Paulo. Não contente com o discurso do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre o coronavírus, Lima desabafou para o jornal Extra.

"O discurso dele é uma coisa trágica pra mim. Ele quer dizer: 'deixe o velho morrer'. Os jovens estão bem, os meninos estão bem, então, deixa o velho morrer. Ele quer salvar a economia a murros, a facadas, a tiros. Ele só quer o confronto. Conforme ele ia falando eu pensava: 'ih, ele está falando comigo. Ele quer que eu morra!'. É isso que ele está dizendo pra mim e para todos os velhos desse país, que velho não importa. Difícil, né?", disse Lima em entrevista.

O ator gravava a segunda temporada da série do Globoplay "Aruanas" quando as atividades foram interrompidas por causa da pandemia do covid-19.

Recentemente o global defendeu sua colega, Regina Duarte, secretária da cultura do atual governo. Seu par na novela Roque Santeiro, o ator declarou à colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo, que estava otimista com a ida de Regina para a pasta e acrescentou que a união dela com Bolsonaro.

"É perfeita para o Brasil de hoje: Sinhozinho Malta na Presidência e Viúva Porcina na Cultura", disse, remetendo aos personagens dos dois na novela de 1985.

Famosos