PUBLICIDADE
Topo

Gabriela Pugliesi: como ela pode sair da crise? Especialistas comentam

Rafael Godinho

Do UOL, no Rio

29/04/2020 12h00

Gabriela Pugliesi tem sido um dos assuntos mais comentados no mundo das celebridades, desde que fez uma festa em sua casa, em São Paulo, na madrugada do domingo (26), em meio à pandemia do coronavírus. A influenciadora digital, especializada em boa forma, saúde e bem-estar, acabou se queimando com patrocinadores e perdendo parcerias comerciais ao contrariar a recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde) de se manter em quarentena.

Estima-se que pelo menos 17 empresas tenham cancelado acordos comerciais com a influenciadora digital por conta da festa —que teve vídeos postados pela própria Pugliesi em suas redes sociais. Com a grande repercussão, Pugliesi —uma das primeiras celebridades brasileiras a contrair a covid-19—.começou a perder seguidores em grande escala e decidiu, então, suspender seu perfil no Instagram.

O UOL conversou com dois especialistas em marketing digital para que eles analisassem o episódio e indicassem qual seriam os caminhos para que a youtuber conseguisse recuperar a boa imagem junto ao público e às empresas.

Sérgio Tristão, CEO da First 4 Digital e da First Icon - Divulgação/ Telma Terra - Divulgação/ Telma Terra
Sérgio Tristão, CEO da First 4 Digital e da First Icon
Imagem: Divulgação/ Telma Terra
Sérgio Tristão, CEO da First 4 Digital e da First Icon, agência de casting de influenciadores que já trabalhou com Adriane Galisteu, Carolina Ferraz, Fernanda Keulla, Valeria Valenssa, Mirella Santos e Ceará, sugeriu que Pugliesi demonstre realmente ter se arrependido do erro.

"Acredito que não só no caso da Gabriela, mas em qualquer situação em que o público se sinta ofendido, o principal é reconhecer o erro e tentar aprender com ele. Mostrar que verdadeiramente se arrependeu é ser humano. Todo o mundo erra e tem direito a uma segunda chance", pondera.

Tristão discorda da estratégia adotada pela influenciadora de dar um tempo do Instagram. "Não acho que deletar as redes sociais seja a melhor opção neste caso. Acredito que ela tenha sido orientada a desativar o Instagram para parar de perder seguidores, que estavam caindo sistematicamente. Ela perdeu mais de 130 mil seguidores em menos de 24 horas."

Gabriela Pugliesi no casamento da irmã, Marcella Minelli - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Gabriela Pugliesi no casamento da irmã, Marcella Minelli
Imagem: Reprodução/Instagram
Prejuízo de até R$ 1 milhão em perda de contratos

Tristão calcula que a influenciadora pode deixar de faturar até R$ 1 milhão a longo prazo. "É complicado falar sobre valores, pois cada cliente tem um tipo de contrato e vigência, e a maioria das ações são pontuais. Mas acredito que, por ela ter perdido contratos de longo prazo, o prejuízo em médio e longo prazo pode variar entre R$ 500 mil e R$ 1 milhão. Até porque, por um determinado período, algumas marcas serão resistentes a uma nova parceria com ela, até que essa polêmica seja esquecida."

Já Ian Black, CEO da New Vegas, agência de publicidade especializada em estratégia e estruturas personalizadas para clientes como Bradesco, Next, P&G, John Deere, Duratex e Fundação Bradesco, acredita que ainda é cedo para opinar sobre os caminhos que Pugliesi deve seguir em sua carreira.

"Não me arrisco a recomendar nada agora. Estamos em um cenário que não dá para definir o que vai acontecer com ela ainda", afirma Black. "Ela vai ficar um tempo fora das redes e vai poder testar sua popularidade, a fim de entender qual é o melhor momento de voltar. Pode acontecer de algumas marcas entenderem que [a má fase] já passou e que aprendeu e queiram contratá-la para representar seus produtos", explica.

Gabriela Pugliesi - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Gabriela Pugliesi é referência no meio fitness
Imagem: Reprodução/Instagram
Contratantes evitam influenciadores envolvidos em polêmicas

Um dos fatores que podem prejudicar Gabriela Pugliesi na hora de fechar novos contratos é que, quando uma agência de publicidade procura um influenciador para representar determinada marca, ela exige uma série de critérios. Entre eles está o alinhamento de discurso, para saber que aquele influenciador compartilha os valores que a empresa prega.

"Uma coisa que a gente sempre faz é uma investigação, chamada background check, do influenciador. Olhamos os trabalhos que ele fez, os históricos dele nas redes sociais, se ele não se envolveu em nenhuma polêmica, se os valores dialogam com a marca", explica Black.

Pedido de desculpa

Surpreendida com a repercussão negativa do seu ato, Pugliesi fez, no dia seguinte à festa, um vídeo pedindo desculpas, publicado em sua conta oficial no Instagram. Confira o desabafo na íntegra:

"Eu só estou fazendo esse vídeo para pedir desculpas, do fundo do meu coração. Ontem eu juntei meia dúzia de amigos aqui em casa, a gente pediu comida, bebeu. Eu me passei, postei, falei besteira. Enfim, estou extremamente arrependida, estou mal comigo mesma, fui irresponsável, imatura, e mais uma vez quero pedir desculpas. Errei porque não é para juntar gente em casa, porque tem gente passando dificuldade, porque é ofensivo, não ajuda ninguém nesse momento.

A quarentena está difícil para mim, mas sei que está muito mais difícil para outras pessoas. E eu que me proponho sempre a falar sobre como a vida pode ser maravilhosa, tenho que ter responsabilidade sobre o que eu falo, sobre o que eu faço, sobre o que eu posto. Então, queria pedir desculpas do fundo do meu coração".

Só mais tarde a conta foi tirada do ar.

Mari Gonzalez e Gabriela Pugliesi - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Mari Gonzalez e Gabriela Pugliesi
Imagem: Reprodução/Instagram
Ex-BBB Mari Gonzalez estava no encontro

A festa na casa de Gabriela Pugliesi contou com a presença da ex-BBB Mari Gonzalez e de seu namorado, Jonas Sulzbach, além de outras blogueiras, como Mari Saad, que também perdeu contratos comerciais.

De madrugada, Pugliesi e algumas de suas convidadas chegaram a postar fotos e vídeos do encontro nos stories do Instagram. Quase todas as mídias foram tiradas do ar assim que usuários do Twitter começaram a criticar o comportamento dela. Em um dos vídeos, em que aparecia sozinha, Pugliesi chegou a dizer "foda-se a vida".

A influencer também foi alvo de críticas dos vizinhos, que reclamaram do barulho até de manhã. Gabriela foi uma das primeiras famosas a contrair a covid-19 no Brasil, no casamento da sua irmã, Marcella Mineli, com Marcelo Bezerra de Menezes. Um dos padrinhos havia voltado do exterior infectado. Até a cantora Preta Gil, uma das atrações da festa, acabou pegando a doença.