PUBLICIDADE
Topo

Não foi só Pugliesi! Veja influenciadores que deram maus exemplos na web

Gabriela Pugliesi - Reprodução/Instagram
Gabriela Pugliesi Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, no Rio

30/04/2020 04h00

Gabriela Pugliesi foi bastante criticada após furar a quarentena e realizar uma festa com amigos em sua casa para receber Mari Gonzalez, depois que ela deixou o "BBB". A atitude pegou mal também porque Pugliesi foi uma das primeiras celebridades brasileiras a contrair a covid-19, em março, no casamento luxuoso de sua irmã Marcella Minelli, em Itacaré, na Bahia.

No dia seguinte à festa, a blogueira fitness postou um vídeo no Instagram pedindo desculpa, dizendo-se arrependida e, na sequência, sumiu do mapa. Perdendo milhares de seguidores, decidiu desativar sua conta no Instagram. Ela também teve contratos cancelados com algumas marcas que a patrocinavam. O mesmo aconteceu com a influenciadora Mariana Saad, convidada da festinha, que teve o contrato com a marca Seara cancelado após furar a quarentena.

Por terem milhões de seguidores, Gabriela e Mari foram bastante criticadas. Mas elas não foram as únicas a dar mau exemplo nas redes sociais. Relembre outros influenciadores que já erraram na vida e na web.

Bianca Andrade, a Boca Rosa

Bianca Andrade, a Boca Rosa, aderiu a um visual com franjinha.  "Sim, gente o nome disso é quarentena. A gente ficou aqui à toa e falou: 'bora fazer uma franja?'. Estamos em casa mesmo, sem fazer nada.", contou ela que recebeu um amigo cabeleireiro em casa para mudar os fios - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Bianca Andrade, a Boca Rosa
Imagem: Reprodução/Instagram

A influenciadora foi "cancelada" durante sua participação no "BBB 20" e perdeu milhares de seguidores após apoiar as atitudes machistas dos brothers e criticar o feminismo das sisters da casa. O plano masculino era que Lucas Gallina seduzisse Mari Gonzalez para queimá-la com o público.

Durante papo com Guilherme Napolitano, ela disse:

Elas falam que tenho que ficar do lado delas. Você tinha que ver a algazarra que elas fizeram, Gui. 'Ai, girl power, vamos meninas.' Eu falei: 'Gente, o que é isso? Um filme? Eu sou realidade'

Júlio Cocielo

Youtuber Júlio Cocielo - Reprodução/Youtube - Reprodução/Youtube
Júlio Cocielo
Imagem: Reprodução/Youtube

O youtuber fez um comentário racista durante a Copa do Mundo de 2018 sobre o jogador Kylian Mbappé, da seleção francesa. Na ocasião, ele disse que o atleta "conseguiria fazer uns arrastão top na praia".

A repercussão negativa fez Cocielo perder várias parcerias comerciais.

Em resposta para um de seus seguidores, Cocielo justificou que o comentário tinha relação com a velocidade do jogador e que as pessoas o associaram a "outras coisas".

O Ministério Público de São Paulo entrou com uma ação pedindo que ele fosse condenado a pagar mais de R$ 7 milhões por dano social coletivo causado pelo tuíte.

Fuinha

O youtuber aderiu a uma "modinha" de mau gosto que viralizou no mundo todo e acabou sendo criticado. Ele fez o "desafio da rasteira" com sua mãe e publicou a brincadeira em seu canal.

Especialistas alertaram que a perigosa brincadeira poderia até levar à morte. Por causa da repercussão negativa, Fuinha retirou o vídeo do ar e pediu desculpas publicamente.

Como influenciador, eu errei. Como humorista, eu falhei. Eu peço desculpas para todos vocês. Então, quero pedir de coração que não propaguem esse vídeo.

Carlinhos Maia

Carlinhos Maia - Reprodução/Instagram  - Reprodução/Instagram
Carlinhos Maia
Imagem: Reprodução/Instagram

Dois dias após seu casamento midiático com Lucas Guimarães, no ano passado, o youtuber bateu boca com Whindersson Nunes pelo Twitter. Tudo começou depois que o comediante desistiu de ser padrinho de Carlinhos em cima da hora.

"Eu disse a ele que não fui porque não me sentia bem em ser padrinho de casamento do cara por causa do jeito que ele me tratava. Como eu vou ser padrinho de quem eu mal conheço? O cara me bloqueia, não me dá o direito de conversar e me difama na TV", escreveu Whindersson.

Chateado, Maia chegou a dizer que ele não foi ao casamento para não dar ibope e ainda ironizou a depressão que Whindersson sofreu no ano passado.

O bate-boca virtual pegou mal para Carlinhos, que acabou perdendo muito seguidores, teve contratos publicitários rompidos e até desativou seus perfis no Instagram e Twitter alegando que precisava se reestruturar.

Fernanda Coxta

Fernanda Coxta (Foto: Reprodução/ Instagram) - Fernanda Coxta (Foto: Reprodução/ Instagram) - Fernanda Coxta (Foto: Reprodução/ Instagram)
Fernanda Coxta
Imagem: Fernanda Coxta (Foto: Reprodução/ Instagram)

A blogueira amazonense revoltou seus seguidores ao humilhar uma pedinte durante um vídeo publicado em seu Instagram no ano passado.

A senhora lhe pediu dinheiro no saguão de uma rodoviária. A blogueira respondeu que não tinha, mas, segundos depois, disparou em tom de deboche: "A senhora tem troco para R$ 100?".

A cena pegou tão mal que o número de seguidores dela no Instagram caiu pela metade e passou de 300 mil para 150 mil.

Arrependida, ela gravou um vídeo chorando e tentando se explicar.

"Queria explicar para vocês que não foi isso. Apesar de ter parecido, não foi. Em momento algum eu postei aquele vídeo desmerecendo daquela senhora. E a gente até ajudou aquela senhora, entendeu?!"

Luccas Neto

Luccas Neto - Guto Costa - Guto Costa
Luccas Neto
Imagem: Guto Costa

O youtuber mudou bastante seu perfil desde o ano passado e está com o canal mais educativo e preocupado com o conteúdo infantil. Porém, nem sempre foi assim. Queridinho das crianças, Luccas incentivava o consumo excessivo de chocolates e guloseimas em seu canal e soltava muitos palavrões.

Em um dos vídeos, por exemplo, ele mergulhou numa banheira com 80 kg do creme de avelã Nutella, incentivando o desperdício e o consumo excessivo de doces às crianças.

Com mais de 30 milhões de inscritos em seu canal, atualmente Luccas está mais consciente e diverte seu público com conteúdos incentivando a alimentação saudável, a prática de atividade física e com historinhas lúdicas para os pequenos.