PUBLICIDADE
Topo

Novela

Fina Estampa


Ator que fez Ferdinand de 'Fina Estampa' vive nos EUA e espera 2º filho

Carlos Machado em "Fina Estampa" - Reprodução
Carlos Machado em 'Fina Estampa' Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

18/05/2020 08h07Atualizada em 18/05/2020 15h08

O ator Carlos Machado está no ar na Globo como o vilão Ferdinand de "Fina Estampa", que ganhou reprise durante a paralisação das gravações de "Amor de Mãe". Mas não espere vê-lo em outra novela por aqui. Como revelou a coluna de Patrícia Kogut, Machado vive nos EUA atualmente.

Dentista por formação, ele se divide por lá entre um consultório que mantém com a irmã e eventuais trabalhos de dublagem em português e atuação — como na série "O Nome da Rosa", exibida por aqui pelo Starzplay. Apesar de ser formado em odontologia, ele não pode exercer a profissão nos EUA.

Casado com a modelo Ivy Rocha, Carlos Machado espera o segundo filho. Os dois já são pais de Luna, de um ano e oito meses. "Agora Ivy está grávida de um menino. O nome dele será Luca. Dois nomes parecidos, simples, com pronúncias iguais em qualquer lugar do mundo. A gente achou isso interessante", comentou.

"Minha vida em família é maravilhosa. Minha esposa é um amor de pessoa, uma supermãe. Estamos juntos há quase oito anos. A gente se conheceu e se casou em sete meses. Loucura, né?", contou ainda.

Coronavírus e reprise de novela

Com o agravamento da pandemia do novo coronavírus nos EUA, Machado conta que está tomando muitas precauções.

"Máscara o tempo todo, em qualquer lugar que a gente vá; lavar as mãos; passar álcool gel e usar luva quando possível. Eu e minha família estamos no interior da Califórnia, não curtimos ficar em cidade muito grande. Estamos a duas horas de Los Angeles. É bem mais tranquilo por aqui", contou.

Ele também passa o tempo assistindo à reprise de "Fina Estampa" pelo Globoplay.

"Minha maior lembrança do Ferdinand são as gravações na praia. Eram muito divertidas, engraçadas. A gente tinha plateia! Isso é incrível, né? A gente gravava quase todo dia ali na praia, na rede de vôlei, e era quase um teatro a céu aberto", disse.

Hoje, ele não tem planos para voltar ao Brasil. "[Só] se aparecer uma grande oportunidade, com um papel que ache interessante no Brasil, não estou fechado. Teria que ser uma oportunidade bacana, acima da que foi o Ferdinand", contou.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do publicado na home-page, no título da matéria e no segundo parágrafo, Carlos Machado é formado em odontologia, mas não trabalha como dentista nos EUA. A informação foi corrigida.

Fina Estampa