PUBLICIDADE
Topo

Repórter deixa entrada ao vivo depois de receber telefonema da CNN

Jhonatã Gabriel noticiava lei que garante auxílio a profissionais da saúde que combate covid-19 na Bahia - CNN Brasil/Reprodução
Jhonatã Gabriel noticiava lei que garante auxílio a profissionais da saúde que combate covid-19 na Bahia Imagem: CNN Brasil/Reprodução

Do UOL, em São Paulo

22/05/2020 14h34Atualizada em 24/05/2020 16h54

O repórter Jhonatã Gabriel, da CNN Brasil, deu um pequeno susto no público que acompanhava o canal na tarde de hoje. Durante entrada ao vivo no telejornal Visão CNN, o jornalista alegou ter sido interrompido por um telefonema da própria empresa, pediu desculpas e saiu do ar.

Jhonatã falava direto de Salvador para noticiar que a Assembleia Legislativa da Bahia aprovou uma lei para que agentes de saúde pública do estado recebam um auxílio emergencial temporário que pode chegar a R$ 30 mil, em parcela única, durante a pandemia do novo coronavírus.

"Todos os profissionais da rede estadual que trabalham em unidades de saúde do estado e que estejam na linha de frente do combate à covid-19 na Bahia (serão beneficiados), mas tem alguns critérios. A comprovação do exame deve ter sido feita no Laboratório Central do estado, que é vinculado à Secretaria da Saúde", explicou.

"Para receber esse beneficio, a pessoa... Desculpe, acabei de receber uma ligação, inclusive da CNN, mas vamos lá", retomou.

"Para receber este benefício, a pessoa tem que comprovar... Desculpa, gente, desculpa", encerrou o jornalista, ofegante, saindo do ar.

Do estúdio em São Paulo, os âncoras Luciana Barreto e Cassius Zeilmann encerraram o link da capital baiana.

"Vamos esperar então o nosso repórter Jhonatã. Jhonatã, não tem problema nenhum, a gente sabe como é o jornalismo", disse Luciana Barreto. "Vamos esperar o Jhonatã se recompor, trazer essa notícia. A gente vai com informações do nosso estúdio aqui em São Paulo e a gente volta com a informação lá de Salvador."

O teor do telefonema não foi divulgado, e a CNN não explicou no ar a situação no momento em que aconteceu. Mais tarde, nas redes sociais, o próprio jornalista explicou a situação: perdeu a concentração após o telefonema.

"Queridos, quero dizer a vocês que está tudo bem. Só recebi uma ligação no meio do link e perdi o raciocínio, não consegui recapitular. Enfim... Correria, sei lá, mas está tudo bem, viu gente?", explicou. "Um beijo, obrigado, de coração. Estou recebendo várias mensagens, não estou conseguindo responder a todo mundo. A gente se vê mais tarde, hoje ainda —estou de plantão no final de semana. Fiquem tranquilos que está tudo certo, viu?".

No fim da mesma edição do Visão CNN, a emissora informou que "ele já está bem e garantimos que está trabalhando normalmente".

Televisão