PUBLICIDADE
Topo

Especial BBB20

Gizelly Bicalho volta a dizer que vai processar quem a ameaçou durante BBB

Gizelly Bicalho reuniu os ataques recebidos durante os três meses de programa - Reprodução/Instagram
Gizelly Bicalho reuniu os ataques recebidos durante os três meses de programa Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

30/05/2020 19h28

Em live com Mari Gonzalez, Gizelly Bicalho falou sobre os ataques que sofreu na internet enquanto estava no BBB 20. Ela diz que já está tomando as medidas legais cabíveis:

"Falaram que eu merecia ser estuprada. Já tomei as medidas legais. Ninguém merece ser estuprada. Tenho um arquivo para processar de pessoas que durante esses três meses fizeram ataques. Juntei tudo que os meus fãs tinham durante esses três meses e estou analisando."

A ex-BBB já havia anunciado, nos próprios stories, que recorreria à Justiça:

"Vou fazer mil boletins de ocorrência, mil queixas-crimes. Hate usando meu nome não vai ter mais. Espero que os famosos da internet entrem comigo nessa para acabar com essa indústria de linchamento e ódio na internet, porque atrás dessa tela existe uma pessoa, sentimentos. Você tem noção do que é uma pessoa desejar que você seja estuprada?", questionou na última segunda-feira (25).

Gizelly também compartilhou mais sobre a crise de depressão profunda que teve logo antes do início do programa:

"Minha mãe contratou uma pessoa para ficar na minha casa, dando banho em mim, escovando meus dentes... Cheguei ao fundo do poço. Perdi o sentido da minha vida", relembrou.

Ela afirma que os ataques que recebeu após revelar o câncer da avó foram um gatilho.

Especial BBB20