PUBLICIDADE
Topo

Televisão

"O racismo nos oprime e nos violenta", diz apresentadora do Bom Dia Brasil

A jornalista Aline Aguiar, apresentadora do Bom Dia Brasil em Minas Gerais - Reprodução/TV Globo
A jornalista Aline Aguiar, apresentadora do Bom Dia Brasil em Minas Gerais Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

04/06/2020 10h26Atualizada em 04/06/2020 15h39

A jornalista Aline Aguiar, apresentadora do Bom Dia Brasil em Minas Gerais, fez hoje um discurso sobre racismo no encerramento do telejornal e ganhou apoio das colegas Giuliana Morrone e Ana Paula Araújo.

Após a exibição do vídeo de Meghan Markle endereçado a formandos do ensino médio, no qual ela fala sobre a morte de George Floyd após uma ação policial nos Estados Unidos, Aline disse que com certeza essa geração não vai se esquecer do caso e também relembrou a morte do adolescente João Pedro, no Rio, durante uma ação policial.

"Com certeza essa geração não vai se esquecer da morte de George Floyd. E a gente só teve conhecimento dessa covardia porque foi filmada. Tantas mortes como a dele, como a do menino João Pedro no Rio, acontecem todos os dias por causa da cor da pele e nesses dois casos pelas mãos de policiais, agentes do Estado", falou.

"O racismo nos oprime e nos violenta, tenta negar nossos direitos todos os dias. E o que a gente está vendo nas ruas, nas redes sociais, é o grito, o basta para as injustiças e desigualdades raciais. As vidas negras importam e vale reforçar que a luta contra o racismo não é só nossa, negras e negros, a batalha precisa ser de todos. É urgente que possamos respirar", discursou ela, com a frase final em referência àquela dita por Floyd, que afirmou ao policial que não conseguia respirar.

"Estamos juntos nessa luta", disse Ana Paula no fim da fala da colega. "Parabéns pelo comentário, Aline, muito profundo, cheio de conteúdo", elogiou Giuliana.

Televisão