PUBLICIDADE
Topo

Aline: 'Globo Repórter precisava se adaptar a Sandra Annenberg'

A jornalista Sandra Annenberg  - Reprodução / Instagram
A jornalista Sandra Annenberg Imagem: Reprodução / Instagram

Do UOL, em São Paulo

10/07/2020 04h00

Sandra Annenberg fez sua estreia ao lado de Gloria Maria no Globo Repórter, da Globo, em outubro. A apresentadora entrou no lugar de Sérgio Chapelin, que decidiu se aposentar após 46 anos de serviços prestados à emissora. Durante a pandemia, no entanto, a jornalista segue apresentando reprises de reportagens, o que pode ser considerado um desperdício.

No podcast UOL VÊ TV #34, Chico Barney, Débora Miranda, Mauricio Stycer e a nova colunista do UOL Aline Ramos conversam sobre a atuação de Sandra Annenberg no programa. "O Globo Repórter precisava se adaptar também à Sandra Annenberg", opina Aline (disponível a partir de 43:23).

"Aquele formato que parece que a gente ainda está nos anos 90... Ela não deixa a marca dela", completa a colunista.

Para ela, o programa peca pelo excesso de repetição. "Algumas coisas são boas, mas parece que você já viu três vezes os mesmos temas."
"É uma posição de destaque, mas sinto falta dela no dia a dia", complementa Barney.

"É uma apresentadora tão boa, jovem, ativa, tem tantos outros canais, como a Globonews... Ela poderia fazer jornalismo no sábado de manhã. Tem alternativas mais legais que o Globo Repórter no Jalapão pela milésima vez", finaliza o colunista.

Você pode ouvir o programa UOL Vê TV no Spotify, no Apple Podcasts ou em outros aplicativos de podcasts. No Youtube, a gravação do programa também é transmitida em vídeo. Podcasts são programas que podem ser ouvidos a qualquer hora e lugar -no computador, no smartphone ou em outro aparelho com conexão à internet. Os podcasts do UOL estão todos disponíveis em uol.com.br/podcasts.

TV e Famosos