PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Moacyr Franco relata assalto recente: 'Apanhei e escutei desaforo'

Moacyr Franco desabafou ao lembrar de alguns capítulos de sua vida - Rede Globo
Moacyr Franco desabafou ao lembrar de alguns capítulos de sua vida Imagem: Rede Globo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

30/09/2020 08h28

Aos 83 anos, Moacyr Franco relembrou de algumas situações difíceis que já enfrentou na vida.

O artista relatou, por intermédio de um vídeo no Instagram, quando foi vítima de um assalto. "Outro dia fiquei na mão de um assaltante. Nossa, apanhei tanto, escutei tanto desaforo. Ele me deu um chute... Não há nada mais covarde do que isso, né? Você pode escolher: reagir ou morrer. Ou as duas coisas. É muito difícil se acostumar com os tapas da vida. Acho que não dá para acostumar", disse ele.

O artista também refletiu sobre seu futuro e se nomeou como "um daqueles "veios" bem pessimistas".

"Meu futuro é horroroso. Não consigo pensar em coisa boa, entendeu? Mas que seja bem-vindo o futuro. Tomara que ele venha todo dia. Todo dia tem futuro. A geladeira está lotada de futuro fresquinho. Tomara que venha. Agora, do passado não dá para fugir. Eu, quando pintam (na memória) umas lembranças ruins, eu tento esconder", disse Moacyr.

Em outro momento do registro, o ator comentou que tem "despeitos" porque não é lembrado como um cantor mineiro. "Se você pedir a qualquer mineiro para citar cem artistas mineiros, eu não vou estar no meio. Não tem. É engraçado. Para eles, eu não sou mineiro. E para mim eu sou cada vez mais", disse.

"Tenho muito orgulho da terra de Minas Gerais, das margens, da água, dos rios, do céu, especialmente essa região do Sul de Minas (...) Chuva em Minas Gerais é diferente. Como eu escorreguei na enxurrada. Brinquei demais. Mas estou aqui. Ainda dá tempo de fazer história', desabafou Moacyr.

Famosos