PUBLICIDADE
Topo

TV e Famosos

Pai de Britney acusa advogado de mentir, e pede que a filha seja ouvida

Britney Spears vive há 12 anos sob tutela do pai, que controla sua vida pessoal e seus gastos - Eduardo Munoz
Britney Spears vive há 12 anos sob tutela do pai, que controla sua vida pessoal e seus gastos Imagem: Eduardo Munoz

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/10/2020 08h10

Jamie Spears, pai de Britney Spears, entrou com um processo contra Sam Ingham, advogado da filha, por conta dos rumores de que ele estaria provocando abuso tutelar contra a cantora.

O patriarca não aceita que o profissional fale exclusivamente em nome da artista no tribunal e pede que a cantora tenha o direito de ser ouvida durante o processo.

O pai de Britney afirma que a tutela de sua filha não significa que ela foi destituída de todos os seus direitos já que, ela ainda tinha o direito de votar e chegou a testemunhar nos tribunais diversas vezes.

De acordo com a apuração do TMZ, Jamie estaria incomodado já que no início do mês, Sam disse ao juiz que Britney não tem mais interesse em se apresentar novamente, o que contraria a vontade do pai de ver a herdeira retomar a carreira profissional. Segundo o pai da famosa, o posicionamento veio do advogado e não da própria Britney.

Desta forma, na visão do matriarca, o advogado da cantora não teria autoridade ilimitada para ser a "voz exclusiva" da filha e que ela mesma deve dizer quais são seus planos com relação à carreira.

Jamie acusa o advogado de comparar a filha a "uma paciente em coma que não tem capacidade de tomar suas próprias decisões", revelou o TMZ, que teve acesso aos documentos destinados à justiça.

Desde 2008 o pai de Britney detém a tutela da famosa. Nos Estados Unidos, decidem por esse status quando alguém é considerado incapaz de tomar as próprias decisões. A briga judicial já dura mais de 12 anos.

TV e Famosos