PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Spike Lee premia jovem que gravou o assassinato de George Floyd nos EUA

Spike Lee e Darnella Frazier durante premiação baile de gala virtual da fundação PEN  - Reprodução/YouTube
Spike Lee e Darnella Frazier durante premiação baile de gala virtual da fundação PEN Imagem: Reprodução/YouTube

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/12/2020 17h11

O cineasta Spike Lee premiou na noite de ontem a adolescente Darnella Frazier, que foi quem capturou as imagens do assassinato de George Floyd, nos Estados Unidos. O vídeo da jovem desencadeou uma série de protestos pelo país e ao redor do mundo.

A condecoração aconteceu durante o baile de gala virtual da fundação PEN e Spike Lee ofereceu a Darnella o PEN/Benenson Freedom of Expression Courage Award (Prêmio Benenson Coragem de Liberdade de Expressão, em tradução livre) pela resiliência da jovem em gravar a cena de violência.

A adolescente afirmou que não imaginava a repercussão que seu vídeo teria e ainda revelou que precisou fazer terapia para tratar o trauma de presenciar o momento. Ela também disse que se sentiu honrada com a apresentação do prêmio por Spike Lee.

"É muito para absorver, mas não poderia agradecer o suficiente por tudo que está vindo em minha direção. Todos estão me perguntando como eu me sinto, mas não sei como me sentir, porque é tão triste"., afirmou a jovem.

George Floyd foi assassinado em maio deste ano, após ser asfixiado por um policial branco nos Estados Unidos. O vídeo gravado por Darnella Frazier deu início a reformas no policiamento em mais de 20 estados do país.

Famosos