PUBLICIDADE
Topo

Joelma sobre covid-19: 'Fiquei maior que uma grávida de 9 meses'

Joelma falou que ainda enfrenta sequelas da covid-19, mesmo 4 meses depois do diagnóstico - Reprodução/GShow
Joelma falou que ainda enfrenta sequelas da covid-19, mesmo 4 meses depois do diagnóstico Imagem: Reprodução/GShow

Colaboração para o UOL, em São Paulo

17/12/2020 11h33Atualizada em 17/12/2020 11h38

Joelma contou detalhes sobre sua experiência delicada com a covid-19.

A cantora de 46 anos, que foi diagnosticada com a doença em agosto, afirmou que um dos sintomas mais graves que enfrentou foi o inchaço no corpo, detalhando que "ficou maior que uma grávida de 9 meses".

"Fiquei maior que uma grávida de 9 meses. Afetou minha mente, minha visão. Fora o pulmão, intestino e estômago. Meu cabelo caiu muito. Eu fiquei 2 meses de cama. Depois você vai cuidando ainda das sequelas, você não fica 100%, eu não tô 100% ainda", afirmou Joelma em entrevista ao "Encontro", que está sob o comando de Patrícia Poeta.

Ela contou também que está passando por uma bateria de exames para descobrir o porquê o inchaço em seu corpo está resistindo, comemorando, por outro lado, que ele "já não está nem perto de quando ela estava com covid".

Apesar do sofrimento, a cantora disse ter tirado aprendizados positivos de sua experiência com o vírus.

"Foi preciso, sabe aquelas coisas que você não consegue entender? do 'por que isso está acontecendo?'. Quando eu passei pela covid, que eu tive todas essas dificuldades, eu tive essa resposta e comecei a mudar umas coisinhas na minha vida, muita coisa na minha vida melhorou", afirmou Joelma, que não quis dar mais detalhes sobre quais foram essas transformações.

Ela ainda comemorou que o covid não tenha afetado sua voz, afirmando que as sequelas "somem" quando ela solta a voz, e mostrou bom humor ao comentar sua recuperação.

"Aqui em casa eu brinco que ninguém mais pode pegar, porque eu peguei por todo mundo", disse Joelma, aos risos, dando ainda um conselho aos espectadores.

"Aproveitei também pra fortalecer a minha fé nesse tempo, porque acho que a gente com a fé fortalecida enfrenta o que vier", concluiu.