PUBLICIDADE
Topo

Novela

Chiquititas


Chiquititas hoje: Duda se entende com sua mãe e vai para a Bélgica

Duda em (Filipe Bragança) em cena da novela Chiquititas (Reprodução - SBT - Reprodução / Internet
Duda em (Filipe Bragança) em cena da novela Chiquititas (Reprodução - SBT Imagem: Reprodução / Internet

Colaboração para o UOL

22/01/2021 01h05

O capítulo de hoje de Chiquititas, novela do SBT escrita por Iris Abravanel, tem como destaque viagem de Duda para a Bélgica, e vai ao ar às 20h50.

Leia abaixo o resumo de hoje:

É divulgado um retrato falado das crianças que foram vistas entrando no caminhão. Trata-se do retrato falado de Duda e Mili, que na verdade entraram apenas por acidente no caminhão. Todos no bar olham de maneira estranha para os dois após a reportagem. Inocêncio não deixa que chamem a polícia e diz que os dois estavam com ele no dia do assalto. O homem se apresenta no bar com o auxílio de Duda e Mili que tocam instrumentos. Cintia ameaça novamente Pata e diz que ela não deve contar nada para ninguém. Maria que estava escondida debaixo de um banco escuta tudo. Os dois bandidos entram no bar e avistam Mili e Duda no palco. Mili fica desesperada e, junto com Duda, foge. Mosca e os meninos decidem falar com Paçoca para saber se ele sabe algo sobre Duda e Mili. Paçoca diz que não sabe nada. Inocêncio ajuda mais uma vez Mili e Duda, dessa vez a fugir dos bandidos.

Shirley conversa com Oscar sobre sua comunidade. Ela diz que na zona norte possui ótimas festas de samba e que ele está convidado. Eduarda, também convidada, diz que não irá de maneira alguma. Shirley convence Eduarda a ir. Carol diz para Chico que acha que Pata sabe o motivo que levou Mili a fugir, mas que ela talvez não diga por medo de algo. Pata sofre sozinha pelo orfanato com toda a pressão e ameaças feitas por Cintia. Maria entrega um desenho para Pata em que demonstra saber pelo que ela está passando em relação às maldades de Cintia.

Eduarda e seu ex-marido chegam ao samba com Shirley Santana. Eduarda estranha o volume do som e o fato de ninguém estar arrumada como ela. Inocêncio (Luiz Carlos Bahia) leva Mili e Duda para um pequeno hotel e enquanto toma banho tranca os dois na sala para que não fujam. Mili e Duda ficam assustados e pensam numa maneira de conseguir sair do lugar. Mais tarde, Inocêncio está dormindo e Mili tenta pegar a chave no bolso dele, porém o homem acorda e segura o braço dela. Oscar e Eduarda conversam. Eduarda se sente mais à vontade e cai no samba. Inocêncio diz que Duda e Mili não são agradecidos, pois ele salvou os dois dos criminosos. O homem diz que eles não podem fugir, pois vão começar uma nova vida onde os dois vão ajudá-lo nos shows. Inocêncio diz ainda que no dia seguinte eles seguirão para o Espírito Santo e depois para a Bahia.

Amanhece, Inocêncio vai até o bar onde fez seu último show para pegar o pagamento antes da viagem. Duda e Mili ficam no carro. Mili avista um carro de polícia e os dois pedem ajuda. Os policiais pedem explicações para Inocêncio. José Ricardo vai logo cedo ao orfanato falar com todos. O empresário diz que acha impossível Mili e Duda terem tomado uma atitude dessas sem comunicar ninguém. Pata surge na escada e diz que Cintia sabe muito bem o motivo. Cintia diz que não sabe de nada. Pata revela para todos que Cintia disse que Mili era muito velha para ficar no Raio de Luz e que se contasse algo para alguém, todos seriam prejudicados. Cintia tenta falar que não foi nada disso. Pata garante que Cintia também lhe ameaçou e disse que se ela contasse algo, Mosca iria para o reformatório. Cintia insiste que Pata está inventando. José Ricardo manda Cintia ir para a sala da diretoria para conversarem a sós. Carmen, que está no local, sorri com satisfação ao Cintia ser desmascarada.

A polícia liga para o orfanato e avisa que estão levando Mili e Duda para a mansão dos Almeida Campos. Cintia tenta convencer de todas as maneiras José Ricardo, mas o empresário diz que precisa pensar melhor. Carmen e José Ricardo vão para a mansão. A mãe de Duda voltou ao Brasil para acompanhar as buscas por Duda. Ela e todos na Mansão dos Almeida Campos ficam aliviados com a volta de Mili e Duda. Cintia diz para todas as crianças que Pata tem razão, que odeia crianças e que só lamenta não ter conseguido se livrar de todos a tempo. José Ricardo pede para Mili revelar tudo o que Cintia disse pra menina. Cintia arruma suas coisas, pois está convicta que não será mais diretora do orfanato. Matilde fica aliviada que Cintia não revelou que ela não é Ernestina. Cintia diz que irá sumir e que não voltará tão cedo. Mili volta ao orfanato e é bem recebida por todos. Antes de dormir, Tati revela para as meninas que viu Cintia e Armando juntos. Cris fica surpresa e diz que os dois eram amantes. Junior faz prova do terno para o casamento e Maria Cecília faz o mesmo com seu vestido de noiva. Duda vai ao orfanato falar com Mili. Ele conta que se entendeu com sua mãe e revela que vai passar um bom tempo com ela na Bélgica. Duda e Mili se despedem. Duda diz que ainda pensou que os dois pudessem ser namorados um dia, mas percebeu que ela gosta mesmo do Mosca. O garoto pede para ela não ficar tímida, pois eles continuaram sendo amigos, mesmo ela não tendo bom gosto. Mili ri. José Ricardo fica muito impaciente pelo fato de Cintia ter desaparecido. O empresário pede para Armado pesquisar tudo sobre Cintia. Todos no orfanato se despedem de Duda. José Ricardo fica sabendo que Cintia colocou o apartamento para vender e desapareceu. José Ricardo passa mal e sente uma pontada no coração.


Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani

Mosca e Thiago aparecem e conseguem adiar uma possível briga dos chiquititos com o Janjão, André e Tatu. Matilde segue as orientações de Carmen sobre um novo falso testamento para recuperar Brunilda. Eduarda descobre as dificuldades da comunidade, como sujeira na rua, falta de vaga em creches e escolas. Shirley explica que na comunidade não há depressão e que as coisas são como são. Eduarda acha que o governo deveria investir os impostos de maneira mais certeira pra quem precisa. Shirley diz que é preciso sempre ver o lado bom de tudo. Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani. Na escola, a professora pede para os alunos criarem grupos de quatro pessoas e Bia sobra do grupo das chiquititas (Mili, Pata, Vivi e Cris). Bia entra no grupo de Janu e Bel, que fazem a cabeça da menina contra as amigas. No Café Boutique, o cozinheiro falta e Armando ordena que Beto assuma o posto, embora o garçom não saiba cozinhar. Os pratos dele são devolvidos pelos clientes. Sem que ninguém veja, Armando coloca fogo na cozinha do Café Boutique para acusar Beto. Todos saem correndo do prédio. Clarita desmaia com a fumaça, mas é salva por Francis e Beto. Matilde desiste de tentar descobrir quem é a pessoa que está com Brunilda e deixa o testamento em cima do banco da praça. Assim que reencontra Brunilda, Matilde fica muito feliz. Bia fica irritada e diz para Ana que ninguém é sua amiga de verdade. Carol conversa com Dani a sós na diretoria do orfanato. Carol pergunta se Dani pudesse, se ela gostaria de conhecer seu verdadeiro pai. Dani diz que sim. Carol revela que o pai da menina não está morto e que gostaria de conhecer ela.

Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani

Mosca e Thiago aparecem e conseguem adiar uma possível briga dos chiquititos com o Janjão, André e Tatu. Matilde segue as orientações de Carmen sobre um novo falso testamento para recuperar Brunilda. Eduarda descobre as dificuldades da comunidade, como sujeira na rua, falta de vaga em creches e escolas. Shirley explica que na comunidade não há depressão e que as coisas são como são. Eduarda acha que o governo deveria investir os impostos de maneira mais certeira pra quem precisa. Shirley diz que é preciso sempre ver o lado bom de tudo. Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani. Na escola, a professora pede para os alunos criarem grupos de quatro pessoas e Bia sobra do grupo das chiquititas (Mili, Pata, Vivi e Cris). Bia entra no grupo de Janu e Bel, que fazem a cabeça da menina contra as amigas. No Café Boutique, o cozinheiro falta e Armando ordena que Beto assuma o posto, embora o garçom não saiba cozinhar. Os pratos dele são devolvidos pelos clientes. Sem que ninguém veja, Armando coloca fogo na cozinha do Café Boutique para acusar Beto. Todos saem correndo do prédio. Clarita desmaia com a fumaça, mas é salva por Francis e Beto. Matilde desiste de tentar descobrir quem é a pessoa que está com Brunilda e deixa o testamento em cima do banco da praça. Assim que reencontra Brunilda, Matilde fica muito feliz. Bia fica irritada e diz para Ana que ninguém é sua amiga de verdade. Carol conversa com Dani a sós na diretoria do orfanato. Carol pergunta se Dani pudesse, se ela gostaria de conhecer seu verdadeiro pai. Dani diz que sim. Carol revela que o pai da menina não está morto e que gostaria de conhecer ela.

Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani

Mosca e Thiago aparecem e conseguem adiar uma possível briga dos chiquititos com o Janjão, André e Tatu. Matilde segue as orientações de Carmen sobre um novo falso testamento para recuperar Brunilda. Eduarda descobre as dificuldades da comunidade, como sujeira na rua, falta de vaga em creches e escolas. Shirley explica que na comunidade não há depressão e que as coisas são como são. Eduarda acha que o governo deveria investir os impostos de maneira mais certeira pra quem precisa. Shirley diz que é preciso sempre ver o lado bom de tudo. Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani. Na escola, a professora pede para os alunos criarem grupos de quatro pessoas e Bia sobra do grupo das chiquititas (Mili, Pata, Vivi e Cris). Bia entra no grupo de Janu e Bel, que fazem a cabeça da menina contra as amigas. No Café Boutique, o cozinheiro falta e Armando ordena que Beto assuma o posto, embora o garçom não saiba cozinhar. Os pratos dele são devolvidos pelos clientes. Sem que ninguém veja, Armando coloca fogo na cozinha do Café Boutique para acusar Beto. Todos saem correndo do prédio. Clarita desmaia com a fumaça, mas é salva por Francis e Beto. Matilde desiste de tentar descobrir quem é a pessoa que está com Brunilda e deixa o testamento em cima do banco da praça. Assim que reencontra Brunilda, Matilde fica muito feliz. Bia fica irritada e diz para Ana que ninguém é sua amiga de verdade. Carol conversa com Dani a sós na diretoria do orfanato. Carol pergunta se Dani pudesse, se ela gostaria de conhecer seu verdadeiro pai. Dani diz que sim. Carol revela que o pai da menina não está morto e que gostaria de conhecer ela.

Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani

Mosca e Thiago aparecem e conseguem adiar uma possível briga dos chiquititos com o Janjão, André e Tatu. Matilde segue as orientações de Carmen sobre um novo falso testamento para recuperar Brunilda. Eduarda descobre as dificuldades da comunidade, como sujeira na rua, falta de vaga em creches e escolas. Shirley explica que na comunidade não há depressão e que as coisas são como são. Eduarda acha que o governo deveria investir os impostos de maneira mais certeira pra quem precisa. Shirley diz que é preciso sempre ver o lado bom de tudo. Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani. Na escola, a professora pede para os alunos criarem grupos de quatro pessoas e Bia sobra do grupo das chiquititas (Mili, Pata, Vivi e Cris). Bia entra no grupo de Janu e Bel, que fazem a cabeça da menina contra as amigas. No Café Boutique, o cozinheiro falta e Armando ordena que Beto assuma o posto, embora o garçom não saiba cozinhar. Os pratos dele são devolvidos pelos clientes. Sem que ninguém veja, Armando coloca fogo na cozinha do Café Boutique para acusar Beto. Todos saem correndo do prédio. Clarita desmaia com a fumaça, mas é salva por Francis e Beto. Matilde desiste de tentar descobrir quem é a pessoa que está com Brunilda e deixa o testamento em cima do banco da praça. Assim que reencontra Brunilda, Matilde fica muito feliz. Bia fica irritada e diz para Ana que ninguém é sua amiga de verdade. Carol conversa com Dani a sós na diretoria do orfanato. Carol pergunta se Dani pudesse, se ela gostaria de conhecer seu verdadeiro pai. Dani diz que sim. Carol revela que o pai da menina não está morto e que gostaria de conhecer ela.

Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani

Mosca e Thiago aparecem e conseguem adiar uma possível briga dos chiquititos com o Janjão, André e Tatu. Matilde segue as orientações de Carmen sobre um novo falso testamento para recuperar Brunilda. Eduarda descobre as dificuldades da comunidade, como sujeira na rua, falta de vaga em creches e escolas. Shirley explica que na comunidade não há depressão e que as coisas são como são. Eduarda acha que o governo deveria investir os impostos de maneira mais certeira pra quem precisa. Shirley diz que é preciso sempre ver o lado bom de tudo. Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani. Na escola, a professora pede para os alunos criarem grupos de quatro pessoas e Bia sobra do grupo das chiquititas (Mili, Pata, Vivi e Cris). Bia entra no grupo de Janu e Bel, que fazem a cabeça da menina contra as amigas. No Café Boutique, o cozinheiro falta e Armando ordena que Beto assuma o posto, embora o garçom não saiba cozinhar. Os pratos dele são devolvidos pelos clientes. Sem que ninguém veja, Armando coloca fogo na cozinha do Café Boutique para acusar Beto. Todos saem correndo do prédio. Clarita desmaia com a fumaça, mas é salva por Francis e Beto. Matilde desiste de tentar descobrir quem é a pessoa que está com Brunilda e deixa o testamento em cima do banco da praça. Assim que reencontra Brunilda, Matilde fica muito feliz. Bia fica irritada e diz para Ana que ninguém é sua amiga de verdade. Carol conversa com Dani a sós na diretoria do orfanato. Carol pergunta se Dani pudesse, se ela gostaria de conhecer seu verdadeiro pai. Dani diz que sim. Carol revela que o pai da menina não está morto e que gostaria de conhecer ela.

Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani

Mosca e Thiago aparecem e conseguem adiar uma possível briga dos chiquititos com o Janjão, André e Tatu. Matilde segue as orientações de Carmen sobre um novo falso testamento para recuperar Brunilda. Eduarda descobre as dificuldades da comunidade, como sujeira na rua, falta de vaga em creches e escolas. Shirley explica que na comunidade não há depressão e que as coisas são como são. Eduarda acha que o governo deveria investir os impostos de maneira mais certeira pra quem precisa. Shirley diz que é preciso sempre ver o lado bom de tudo. Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani. Na escola, a professora pede para os alunos criarem grupos de quatro pessoas e Bia sobra do grupo das chiquititas (Mili, Pata, Vivi e Cris). Bia entra no grupo de Janu e Bel, que fazem a cabeça da menina contra as amigas. No Café Boutique, o cozinheiro falta e Armando ordena que Beto assuma o posto, embora o garçom não saiba cozinhar. Os pratos dele são devolvidos pelos clientes. Sem que ninguém veja, Armando coloca fogo na cozinha do Café Boutique para acusar Beto. Todos saem correndo do prédio. Clarita desmaia com a fumaça, mas é salva por Francis e Beto. Matilde desiste de tentar descobrir quem é a pessoa que está com Brunilda e deixa o testamento em cima do banco da praça. Assim que reencontra Brunilda, Matilde fica muito feliz. Bia fica irritada e diz para Ana que ninguém é sua amiga de verdade. Carol conversa com Dani a sós na diretoria do orfanato. Carol pergunta se Dani pudesse, se ela gostaria de conhecer seu verdadeiro pai. Dani diz que sim. Carol revela que o pai da menina não está morto e que gostaria de conhecer ela.