PUBLICIDADE
Topo

TV e Famosos

Jade Picon desabafa após suposto plágio de empresa chinesa: 'É revoltante'

Jade Picon desabafa sobre suposto plágio de marca chinesa - Reprodução/ Instagram @jadepicon
Jade Picon desabafa sobre suposto plágio de marca chinesa Imagem: Reprodução/ Instagram @jadepicon

Colaboração para o UOL, em São Paulo

25/01/2021 22h44

A influenciadora digital e jovem empresária desabafou em seus stories do Instagram na noite desta segunda-feira. A sequência de stories veio horas depois dela ter denunciado um suposto plágio de peças de sua marca com a empresa chinesa Shein, site que promete roupas por preços mais acessíveis.

"Sobre o negócio das camisetas idênticas, gêmeas. Copia só não faz igual. Postei e sumi, [...] mas já falei com a marca, já estamos resolvendo entre nós", atualizou seus seguidores sobre a polêmica.

Jade mostrou uma mensagem do perfil oficial da marca que possui 17 milhões de seguidores apenas no Instagram. "Estamos resolvendo e foi ótimo, pois consegui chamar atenção".

Na mensagem, a Shein pediu desculpas pelo inconveniente e afirmou que removeu o produto com características de plágio do site. "A Shein respeita os direitos de propriedade intelectual válidos de terceiros. Além disso, entraremos em contato com nosso fornecedor de onde adquirimos os itens para informá-los sobre este problema ", afirmou.

Não foi a primeira vez

"Não tinha sido a primeira vez. Para mim, que sei de todo o processo por trás da criação de uma coleção da minha marca, é fod* você ver pessoas plagiando o seu trabalho", desabafou.

A empresária ainda revelou que outras marcas procuraram ela para denunciar casos semelhantes e demonstrou estar feliz por ter sido a voz dessas marcas, mesmo causando revolta.

"É revoltante você ver um fast fashion mundial gigantesco, mundial, copiando o trabalho de uma marca nacional. O que que acontece? Com um preço que nem consegue pagar dignamente todos os envolvidos", alfinetou Jade Picon afirmando que nem quer entrar nesse assunto.

TV e Famosos