PUBLICIDADE
Topo

TV e Famosos

Rizek diz que Sadi lembra muito as mulheres da família dele: 'Mandona'

André Rizek diz que a esposa, Andréa Sadi, é mandona e brava - Reprodução/Altas Horas/Rede Globo
André Rizek diz que a esposa, Andréa Sadi, é mandona e brava Imagem: Reprodução/Altas Horas/Rede Globo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

26/01/2021 13h52

Andréia Sadi e André Rizek abriram o jogo sobre seu relacionamento na cozinha. A jornalista, que está grávida dos gêmeos João e Pedro, confessou que em um de seus primeiros encontros com o jornalista esportivo, um quitute preparado por ele roubou seu coração.

"Ele usou essa conversa mole para cima de mim e eu cai. Eu sou super bom prato, adoro comer, vivo de dieta, mas se eu pudesse... [...] Na segunda vez que a gente saiu, André falou: 'Eu cozinho'. 'Que ótimo', pensei. Ele falou: 'Eu faço um arroz de polvo que não faço há muito tempo, mas acho que você merece'", disse Sadi, no podcast 'Cadê a receita, Rita Lobo?', assumindo que o prato estava ótimo.

Ao lembrar dos almoços em família, Rizek afirmou que a esposa lembra muito as mulheres fortes de seu convívio, já que ambos tem origem libanesa. "A mulher árabe é muito brava, mandona. A Andréia é muito parecida com as mulheres da minha família, mandonas, bravas...".

Sadi comentou que o marido é quem manda bem na cozinha. "A logística dele [na cozinha]...ele é especializado. Ele não é igual ao ministro Pazuello Ele sabe muito bem da distribuição das coisas, é maravilhoso", disse a famosa, dando risada.

A jornalista afirmou que também manda bem na cozinha, mas Rizek lhe impede de aperfeiçoar seu dom: "Ele não deixa eu chegar nem perto [da cozinha]! Não deixa eu fazer nada".

O apresentador do programa 'Seleção SporTV' afirmou que não cozinha nada muito gorduroso, com creme de leite ou com fritura.

Pensando no futuro, fora da cozinha, o casal demonstra preocupação com o mundo devido à vinda das crianças. "Eu me preocupo com questões ecológicas, meio ambiente [...] Tudo que eu pudesse fazer para ter uma postura mais consciente, eu sempre fiz [...] Coisas meio básicas. Sempre pensei que o mundo não tinha jeito, que o homem destrói tudo [...] Pensava que isso era uma batalha perdida, mas agora ser pai é um ato de esperança, pensamos que os filhos da gente vão mudar o mundo, vamos educar para que eles façam parte de um mundo melhor", disse Rizek.

Já Sadi, que demonstra preocupação em relação à segurança, saúde, diferenças sociais e educação, relatou um episódio específico. "Essa questão de Manaus dos bebês sem oxigênio, tive uma crise de choro, mexeu muito comigo. Há cinco anos talvez não mexesse tanto comigo, sempre é uma vida, obvio, mas agora é diferente", afirmou a mamãe de primeira viagem.

TV e Famosos