PUBLICIDADE
Topo

Anderson Leonardo pede desculpas por palavrões em live: 'Calor da emoção'

Anderson Leonardo                     - Instagram/Reprodução
Anderson Leonardo Imagem: Instagram/Reprodução

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/02/2021 15h43

Anderson Leonardo fez um vídeo para dizer que está arrependido dos palavrões ditos ao tentar esclarecer a acusação de estupro, durante participação de uma live.

"Quero me desculpar se usei algumas palavras de baixo calão, ofendendo algumas pessoas de gêneros diferentes. Minha intenção não é essa. Estava no calor da emoção. Quero pedir desculpas a todos que se sentiram ofendidos com algumas palavras que eu falei", disse ele, em um vídeo que já não está mais disponível nas redes.

Anderson molejo - Reprodução/Instagram                   - Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Na 33ª DP, Anderson alegou que manteve relação sexual com a vítima de forma consensual. Após o depoimento, o pagodeiro participou de uma live com o jornalista Betoh Cascardo e disse.

"Comi? Comi. Estuprei? Não. Comi, com consenso. O veado (sic) estava colocando cada roupa colorida, aquele 'bagão' (sic) na frente, grande para c******, e com o maior bundão. Eu falei: 'Compadre, vou botar no c* dele logo para acabar com essa p****. Botei no c* dele. Pensei que estava até apaixonado pelo c* dele. Mas depois que comi o c* dele, com consentimento, normal', afirmou ele, na ocasião.

Em depoimento ao delegado Reginaldo Guilherme, titular da 33ª DP, a vítima contou que o crime teria acontecido em dezembro de 2020. De acordo com ele, Anderson supostamente teria marcado uma reunião, mas em vez de ir a um local onde os dois pudessem fazer uma refeição e conversar sobre trabalho, o cantor o teria levado a um motel chamado Queen, em Sulacap, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.