PUBLICIDADE
Topo

Após separação de Pugliesi, Erasmo diz que 'erro grave' não foi traição

Erasmo negou caso extraconjugal, mas não deu mais detalhes sobre fim do casamento com Pugliesi  - Reprodução/Instagram
Erasmo negou caso extraconjugal, mas não deu mais detalhes sobre fim do casamento com Pugliesi Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

22/02/2021 09h34Atualizada em 22/02/2021 09h34

Após contar que o fim do casamento com Gabriela Pugliesi foi motivado por um "erro grave" de sua parte, Erasmo Viana negou ter traído a influenciadora, com quem oficializou a união em 2017.

Ainda sem entrar em detalhes sobre qual foi o desentendimento que culminou no divórcio, o modelo respondeu a um comentário que lamentava a separação mas afirmava que, caso Erasmo tivesse um caso extraconjugal, ele deveria "se arrepender e melhorar para sua próxima mulher".

"Lamento pela separação de vocês. Se realmente foi traição, espero que você se arrependa e melhore para sua próxima mulher. Torço para que sigam suas vidas de maneira independente. Que a dor de uma traição não limite quem a Pugliesi é. Já você precisará de muito mais tempo para compreender tudo. Sejam felizes", disse o perfil.

erasmo viana - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Erasmo Viana respondeu comentário supondo traição como motivo de divórcio
Imagem: Reprodução/Instagram

"Não foi traição, amigo", rebateu Erasmo, usando ainda um emoji representando tristeza, mas sem fazer mais comentários apesar da curiosidade dos seguidores.

O modelo confirmou a separação na noite de ontem, deixando claro que a decisão de terminar a relação partiu de Pugliesi.

"Alguns de vocês já viram que saíram notícias que eu e Gabi, a gente está se separando, e, infelizmente, é verdade. A gente está nesse processo de separação. Eu cometi um erro grave, me arrependi. A gente já conversou bastante. Mas, no momento, cabe a mim respeitar a decisão dela e deixar que o tempo cure qualquer ferida que ficou", afirmou.

"Como pessoa pública, me sinto no dever de falar da minha vida particular porque tem pessoas que torcem por mim. Me sinto no dever de ser um pouco honesto e falar do que está acontecendo. Mas, é isso, não preciso entrar em detalhes, são coisas que acontecem com qualquer casal. A gente sabe se resolver e está tendo uma conversa madura. Não fica ranço, até pela nossa história, pelo que a gente construiu junto. Mas, infelizmente, acontece", argumentou Erasmo, de 35 anos.