PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Cantora acusa MC Lan de estupro; funkeiro diz que relação foi consensual

Gabriel Nanbu, Marcela Ribeiro e Mari Monts

Do UOL, em Santos, no Rio e em São Paulo

07/03/2021 23h51

Uma cantora e modelo de 28 anos afirma que foi estuprada por MC Lan. Ela registrou boletim de ocorrência neste domingo (7) no 49ª DP (São Mateus), zona leste de São Paulo. O UOL teve acesso ao documento, que indica "estupro de vulnerável".

À tarde, a assessoria de Lan disse que "ele está à disposição das autoridades para esclarecer os fatos como realmente aconteceram, que está perplexo com as acusações". Depois, ele postou vídeos nas redes sociais negando as acusações. Também afirmou que foi hoje à delegacia "por livre e espontânea vontade".

A assessoria da vítima afirma que ela entrou em contato com Lan para pedir um emprego. "O mesmo dispôs-se a ajudá-la e pediu o endereço dela para que um Uber fosse buscá-la", diz uma nota também publicada nas redes sociais.

De acordo com o texto, a cantora deixou claro que não pretendia manter relações sexuais com Lan, desde o início. Ela contou que foi ao banheiro e ao voltar, aceitou uma bebida. Logo após ingerir a bebida, ela "sentiu-se mal e foi sexualmente abusada por MC Lan. Segundo ela, havia sido colocada alguma substância tóxica na bebida".

Lan postou vídeos nos stories contando sua versão. "Fiquei perplexo sim, fiquei revoltado com a situação de falarem que foi estupro. Não existiu de maneira nenhuma estupro, violência sexual. Quem me conhece sabe que não sou um cara agressivo", diz em um deles.

A assessoria da cantora afirma que "os fatos, porém, não ocorreram da forma como o artista alega".

Evidências e gravação

O texto divulgado pela assessoria da cantora diz que ela "possui em seu corpo evidência do estupro" e que as imagens das câmeras de segurança do condomínio onde Lan mora registram o momento que ela foi conduzida para casa em um Uber.

Ela "chega em casa muito agitada pelo efeito da droga colocada em sua bebida. Um vizinho decide levá-la ao médico, pois a mesma estava sentindo muitas dores no peito".

O empresário da cantora foi avisado e seguiu para o hospital. Ele comunicou o caso à polícia, que enviou uma viatura para acompanhar o caso.

Funkeiro confirma relação: 'Nos divertimos muito'

Em vídeo postado no Instagram na noite de hoje, Lan disse que compareceu à delegacia "por livre e espontânea vontade". Ele confirma que teve relação sexual com a cantora, mas diz que foi consensual.

"Essa pessoa mandava mensagem para mim, todo dia, toda semana no Instagram. Esse fim de semana, comecei a conversar com ela, me interessei, ela se interessou. Só que vi uma pessoa perdida. Às vezes pedia ajuda, às vezes falava sobre algo pessoal, algo legal, agradável."

O cantor também afirma que recebeu mensagens dela pedindo emprego. "Acabei me sensibilizando com a situação e falei para ela que o que eu pudesse e tivesse ao meu alcance. Um amigo meu pediu um Uber para ela e, em 30 minutos, ela já estava em minha casa."

Resolvemos beber um pouco, como não estou acostumado a beber, passo mal quando bebo muito, bebi só um copo. Nos divertimos muito, demos muita risada até que aconteceu, rolou a primeira relação. Ao final da segunda relação, ela pediu para usar o banheiro, só que percebi que ela estava demorando muito no banheiro, ela não estava tomando banho, nem dando descarga. Comecei a achar tudo muito estranho. Meia hora depois ela desce.

'Ela desceu meio transformada'

O funkeiro afirma que após sair do banheiro notou que o comportamento dela estava estranho. "Ela desceu falando sobre o aluguel dela que estava atrasado, falando que estava sem dinheiro, que estava precisando de emprego."

Lan disse que ela reclamou que ninguém ajudava, que ela tinha um filho para criar e o ex dela estava desempregado. E que ele resolveu ajudá-la com R$ 300 para pagar parte do aluguel. Segundo o cantor, ela se ofendeu com o dinheiro.

O MC disse que foi até a portaria do condomínio e pediu ajuda ao segurança para chamar um Uber para ela. "A situação estava insustentável."

Ele afirma que começou a receber mensagens de ameaças no WhatsApp na manhã de hoje. "Após essas mensagens resolvi ligar para os meus advogados e fazer um boletim de ocorrência online. Antes que a polêmica se espalhasse, resolvi ir até a delegacia dar meu depoimento."

Famosos