PUBLICIDADE
Topo

Bonner confunde palavra ao vivo no Jornal Nacional e ri com falha

Do UOL, em São Paulo

19/04/2021 21h08

O jornalista William Bonner cometeu uma falha ao vivo durante a edição de hoje do Jornal Nacional. Ele confundiu duas palavras e acabou dando uma risadinha antes da correção.

Bonner falava sobre a vinda dos 3 mil litros de IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) a São Paulo, que podem produzir até 5 milhões de doses da CoronaVac, uma das vacinas contra a covid-19.

Durante a leitura do texto, enquanto o jornal exibia cenas do avião chegando à capital paulista com material, o jornalista se confundiu.

"A direção do Butantã atribui a demora à 'democracia'...", disse Bonner.

Depois, dando uma risadinha abafada e sem se incomodar com o erro, o âncora retomou a leitura — agora com as palavras corretas.

"Ou [melhor] à burocracia e à demanda mundial de vacinas. E o Butantã adiou para o início de maio a entrega ao MS de 4,5 milhões de doses", acrescentou Bonner.

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, admitiu que houve atrasos na entrega do IFA, mas que, apesar de burocracia, situação tende a se normalizar nos próximos meses.

No entanto, o governo de São Paulo, está cumprindo com o cronograma de entrega de doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde.