PUBLICIDADE
Topo

Televisão

Bocardi se revolta com transporte público lotado: 'Feriado da classe alta'

Rodrigo Bocardi fica indignado com metrô lotado em São Paulo - Reprodução/Globoplay
Rodrigo Bocardi fica indignado com metrô lotado em São Paulo Imagem: Reprodução/Globoplay

Do UOL, em São Paulo

21/04/2021 08h25Atualizada em 21/04/2021 11h56

Rodrigo Bocardi se indignou com imagens do transporte público lotado em São Paulo na manhã desta quarta-feira (21). O apresentador do "Bom Dia São Paulo" criticou a operadora de trens CPTM pelo intervalo maior entre veículos instaurado hoje por causa do feriado de Tiradentes.

Vamos gravar as imagens, para ter mais um elemento nesse escândalo provocado pela CPTM hoje. 35 minutos de intervalo. Quando eu falei mais cedo que esse feriado era de classe média e classe alta, teve gente ainda que riu. Esse feriado é o feriado do gabinete, vocês sabem do que eu estou falando... O feriado da classe média, da classe alta, de quem tem gordura para queimar nesses tempos de pandemia, porque quem não tem gordura nenhuma e tem que correr atrás do jantar, olha aí! Sei lá, não sei nem o que dizer, viu?"
Rodrigo Bocardi no 'Bom Dia São Paulo'

O jornalista frisou que mantinha aberto o espaço no programa para a CPTM e o governo de São Paulo apresentarem explicações e esclarecerem o que está sendo feito sobre a situação do transporte público no dia de hoje.

"[Isso] poderia ser perfeitamente evitado. Sabemos que não ia ficar tudo vazio e tal, mas certamente não estaria dessa forma se você tivesse o intervalo padrão de todos os dias", comentou.

Em declaração à TV Globo, o secretário de Transportes Metropolitanos de SP, Alexandre Baldy, reconheceu o erro pelo aumento no intervalo dos trens em um feriado atípico em São Paulo.

"Já corrigimos, os trens estão operando e no horário de pico teremos intervalo menor de acordo com a demanda da população. Quero pedir desculpas aos usuários", disse.

Plataforma da estação Guaianases, em São Paulo, estava lotada na manhã de hoje - Reprodução/Globoplay - Reprodução/Globoplay
Plataforma da estação Guaianases, em São Paulo, estava lotada na manhã de hoje
Imagem: Reprodução/Globoplay

Televisão