PUBLICIDADE
Topo

Gil chora ao falar de Juliette e diz que torcidas precisam se controlar

Gil do Vigor, do "BBB 21", se emocionou no "Encontro com Fátima Bernardes" - Reprodução / TV Globo
Gil do Vigor, do "BBB 21", se emocionou no "Encontro com Fátima Bernardes" Imagem: Reprodução / TV Globo

Do UOL, em São Paulo

10/05/2021 10h13Atualizada em 11/05/2021 10h12

Gilberto Nogueira, o Gil do Vigor, do "BBB 21", foi o convidado especial do "Encontro com Fátima Bernardes" de hoje. Relembrando os momentos vividos no reality show da TV Globo, ele se emocionou quando viu cenas ao lado da campeã Juliette.

Nas palavras dele, os dois tiveram uma relação "sincera" no programa.

Ju é maravilhosa, gosto muito dela, ela sabe. A gente não tem nada pendente, pelo menos da minha parte. A gente teve aquele desencontro porque ela estava sempre me alertando, mas eu tinha uma visão e ela outra, um ciúme, e eu briguei com ela, mas um não votava no outro. Gil

Contra o ódio

Fátima Bernardes também usou um vídeo do discurso de Gil no "BBB Dia 101" para trazer o assunto do ódio, que foi sentido por ex-participantes do lado de fora da casa.

"Eu deixei muito claro que meu foco no programa era conseguir voz. Eu sou da cachorrada, mas tem coisas que são importantes. Eu queria ter voz porque [há] muita gente como eu, que grita e não tem quem ouça. Eu falei: 'Preciso ir na Globo, porque quando eu for, as pessoas vão me ouvir.' Gente, é um jogo, são pessoas que erram. Todo mundo tem seu calcanhar de Aquiles. Elimina, com 100% se for preciso, mas saiu, acabou", considerou.

"Essa parte das torcidas precisa ser controlada, as pessoas precisam entender, o respeito vem antes de qualquer coisa", acrescentou Gil.

Atitudes de Karol Conká

Ainda sobre a reação das torcidas diante de atitudes dos brothers no programa, o pernambucano reforçou que os erros devem ser cobrados, mas somente dentro do programa.

Quando erra lá dentro, a gente tem sim que ser punido. É preciso, a gente erra e tem que pagar por nossos erros, mas tem que ficar dentro da casa. A nossa maior punição é a eliminação. O que ficou lá, ficou lá!

"BBB Dia 101"

No último sábado (8), foi ao ar o especial "BBB Dia 101". O programa reuniu todos os ex-participantes da edição deste ano — exceto Arcrebiano, que já estava no confinamento do "No Limite" — para viverem o último dia na casa.

Para Gil, o sentimento foi diferente da competição.

Quando a gente está no 'BBB', é competindo. Essa volta foi um sentimento de 'estou de volta, é minha casa.' Quando eu saí, foi uma dor muito forte, e poder voltar foi muito forte, mas não foi a mesma coisa. O 'BBB' tem algo muito surreal, é como se existisse uma magia.

Maior erro

Encerrando sua análise sobre o jogo, Gil elegeu seu "maior erro" dentro do "BBB 21":

"Eu tinha intuições, mas não conseguia seguir. Por exemplo: eu queria colocar a Viih [Tube] no paredão, mas não coloquei. Eu me perdia na minha intuição. Então, olhando agora, se eu voltasse para o programa um dia, eu conseguiria ponderar o coração e a razão, porque minha intuição é muito boa", disse.

Educação

Defensor da educação, Gil aproveitou sua participação no "Encontro" para usar seu exemplo para inspirar outros jovens.

Sempre foi difícil e minha mãe falava que nós precisávamos derrubar uma barreira e que era só o ensino que ia possibilitar isso. Eu queria muito ter talento no esporte, mas não tinha. Meu talento era no estudo mesmo. Eu via que, através da educação, eu poderia conseguir coisas que eu nem imaginava. Sempre tive muito desejo de mudar de vida e de conseguir voz. [...] A pobreza também afeta vários fatores, não só a sua capacidade de estudar.

Além disso, o ex-brother também foi surpreendido por um vídeo de um professor de economia que sempre o incentivou. Chorando, Gil agradeceu:

Esse professor foi muito importante para mim, é difícil você encontrar pessoas que acreditam em você. Ele me conheceu e eu vendendo seguro saúde, e mesmo sabendo que eu trabalhava e não era o melhor aluno, ele disse para eu entrar no mestrado. Eu sempre falei pra ele que o ele tinha me falado foi tão forte... Ele acreditou tanto em mim, que eu comecei a acreditar também. [...] Eu sou um exemplo, eu sei o que eu passei, ouça minha voz, vocês são capazes.

"No Limite"

O ex-brother se empolgou com a conversa e também contou que toparia participar de outro reality show, o "No Limite".

Questionado pela apresentadora, ele respondeu: "Oxente, só me convidar! Eu fiquei doidinho pra ir, mas o povo já tinha sido escolhido."

Gil também já escolheu por quem vai torcer na nova edição do programa.

Conheço a renca toda, a Elana eu amo muito! Eu era calorento desde 2019, ela é maravilhosa, amo essa mulher. E o Bil. Bil e Elana dividem meu coração, mas Elana é a principal!

Reações nas redes

Mesmo antes de o programa começar, "Gil no Encontro" já estava entre os assuntos mais comentados do Twitter no Brasil, e a animação dos fãs seguiu por toda a entrevista.

Depois de ter sido eliminado do reality show da TV Globo, ele já participou de diversos programas da emissora: "Mais Você", "Plantão BBB", "Domingão do Faustão" e o "Globo Esporte PE" — além de ter cantado a abertura do "Esporte Espetacular".

Gil foi o último eliminado do "BBB 21". O pernambucano deixou o reality show da TV Globo com 50,87% dos votos, em um paredão contra Camilla de Lucas (47,65%) e Juliette (1,48%).

Relembre momentos marcantes de Gilberto no 'BBB 21'