PUBLICIDADE
Topo

Ex-BBB Gil repudia ataque homofóbico de conselheiro do Sport: 'Pena dele'

Gil do BBB 21 rebate ataque homofóbico - Reprodução/Instagram
Gil do BBB 21 rebate ataque homofóbico Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/05/2021 18h48

Um dia após sofrer ataque homofóbico de Flávio Koury, conselheiro do Sport Clube Recife, time de Pernambucano, Gilberto Nogueira, do "BBB 21", se manifestou sobre a agressão sofrida de um membro do time do seu coração.

Em entrevista ao G1, o doutorando em economia contou que sofreu ao tomar conhecimento do áudio vazado com ofensas direcionadas a ele, mas declarou ter pena do dirigente do Leão.

Inicialmente, doeu muito, eu fiquei muito abalado. Só que, depois, eu pensei: 'gente, é uma pessoa só'. Eu tenho, na verdade, assim, pena dele. Pena por ele não ter aprendido, não ter absorvido tanto tempo e oportunidades de que preconceito não leva a nada. Então, eu tenho pena dele, é isso que eu sinto.

Os áudios de Flávio Koury vazaram de um grupo de WhatsApp ontem e viralizaram nas redes sociais por ter causado revolta. Nas mensagens, o conselheiro do Sport reclamou da repercussão do vídeo do ex-participante do "Big Brother Brasil" dançando o "Tchaki Tchaki" no estádio da Ilha do Retiro.

"1,2 milhões de visualizações. Arretado. 1,2 milhões de pessoas achando que o Sport só tem viado, só tem puto, só tem galinha, só tem bicha. É bom, muito bom, um marketing arretado. Vai vender a camisa, rapaz. A viadagem todinha vai comprar, vai ser lindo", disse Flávio Koury.

O Sport Club do Recife se manifestou contrário a opinião de seu conselheiro em nota postada nas redes sociais. "O Sport Club do Recife e todo seu Conselho Deliberativo repudia qualquer ato de homofobia, de desrespeito a quem quer que seja", afirmou o presidente do Conselho Deliberativo do Sport, Pedro Lacerda.

O caso aconteceu às vésperas do Dia Internacional contra a Homofobia, que é celebrado na segunda-feira (17), e famosos e ex-BBB´s mandando mensagens de apoio ao doutorando em economia. A hashtag #GilMereceRespeito ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter via campanha dos fãs de Gil.

O ex-BBB, inclusive, agradeceu as mensagens de apoio após o ataque e ironizou que 'quem não gostar dele que lute'.

Eu fico muito grato e honrado de ver tantas pessoas, torcedores, pessoas incríveis que me apoiaram. O que vale é focar no que é bom, não é ruim. Eu sou do Sport e, quem não gostar, que lute. Não sou obrigado a nada.

Relembre momentos marcantes de Gilberto no 'BBB 21'