PUBLICIDADE
Topo

Raquel Pacheco se declara ao noivo na reta final da gravidez: 'Somos 4'

Bruna Surfistinha se declara ao noivo, Xico Santos - Reprodução/Instagram/Bianca VilaNova
Bruna Surfistinha se declara ao noivo, Xico Santos Imagem: Reprodução/Instagram/Bianca VilaNova

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/06/2021 18h34

Raquel Pacheco, mais conhecida como Bruna Surfistinha, fez uma declaração emocionante ao noivo, Xico Santos e às filhas gêmeas, Elis e Maria. A escritora está no sétimo mês de gestação.

Por meio do feed de seu perfil oficial no Instagram, Raquel disse ter uma conexão forte com o amado:

"Quando duas pessoas se conhecem do nada, mas sentem uma conexão tão forte como se fosse um reencontro... E então a soma de 1+1 se torna 4!", legendou ela em um clique feito para um ensaio fotográfico.

Recentemente, a artista escreveu uma carta aberta para as filhas e falou sobre a ansiedade de tê-las em seus braços:

"Carta aberta à Elis & Maria:
Esperei tanto para realizar o desejo de me tornar mãe, às vezes ainda acho que tô sonhando acordada. Vocês vieram no momento certo da minha vida! (...) O tempo está passando rápido demais, já estamos rumo aos 7 meses de gestação", iniciou ela.

"É uma delícia sentir nossa conexão aumentando a cada dia, a troca de energias e nossas forças femininas reunidas. Obrigada por me fazerem sentir tanto! (...) Cada momento é único, até mesmo os incômodos que sinto, a já falta de uma noite inteira de sono tranquilo por ter que ir ao banheiro várias vezes e os pequenos sustos que ainda tenho quando se movimentam, mas por favor, continuem. (...) Seremos os melhores pais que pudermos ser, retribuiremos por ter nos escolhido para compartilhar esta jornada conosco. Jamais soltaremos as mãos de vocês e garantimos que terão uma infância leve e divertida! (...)", continuou.

"Será que vão puxar os olhos verdes do pai ou os meus amendoados? E qual a visão que terão sobre a vida? (...)
Ao mesmo tempo que não vejo a hora de tê-las em meus braços, tenho vontade de protegê-las dentro de mim por muito mais tempo, as carregaria no meu ventre o tempo que fosse necessário para que nascessem apenas quando o mundão estivesse um pouco melhor. (...)
Há muitos (des)humanos movidos com a energia do ódio e que sentem prazer externando tal sentimento, mas me conforta saber que vocês já recebem muito amor, até mesmo de pessoas que não conheço. (...)", disse Raquel, com gratidão.

"Vocês poderão simplesmente ser o que quiserem, sendo livres por suas escolhas. Desde pequenas entenderão sobre o amor e as diferentes formas de amar, vão crescer com vários tios que amam tios e tias que amam tias. Serão rodeadas por pessoas que são o que querem ser, sem padrões, sem se esconder atrás de religião ou fingindo ser o que não são. (...)
A mãe escorpiana aqui já está se tornando leoa.(...)
No meio do caos do mundo, a vinda de vocês para completarem nossas vidas! (...)
Já estamos prontos para recebê-las em nossos braços e abraços! (...)", finalizou.