PUBLICIDADE
Topo

Huck é criticado por voto branco em 2018 e fãs ironizam polígrafo do Bial

Luciano Huck foi entrevistado por Pedro Bial ontem - Reprodução/TV Globo
Luciano Huck foi entrevistado por Pedro Bial ontem Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

16/06/2021 10h39Atualizada em 16/06/2021 12h23

O apresentador Luciano Huck está sendo criticado nas redes sociais após revelar em conversa com Pedro Bial que votou em branco no segundo turno das eleições presidenciais de 2018 — disputado por Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (então no PSL e hoje, presidente, sem partido).

Huck, que vai assumir os domingos da Globo e deixará seus projetos de se lançar como candidato da centro-direita, disse que se posiciona para não compactuar com a situação atual no país. Mesmo votando em branco.

Eu votei em branco na última eleição, é o que eu devia ter feito e fiz com bastante tranquilidade. Os dois candidatos que se apresentavam naquela época, eu não me sentia representado por nenhum dos dois. Votei em branco e votaria em branco de novo

Nas redes sociais, seguidores lembraram um vídeo de 2018 em que o apresentador fala em "chance de ouro" a Jair Bolsonaro e disse que nunca votaria no PT. Na época, Huck coordenava um grupo de lideranças chamado "Agora!" e preferiu a neutralidade diante do segundo turno.

Mas Huck conversou com seguidores no Facebook:

No PT jamais votei e nunca vou votar. O Bolsonaro, levantei os problemas e acho que as pessoas podem amadurecer, tem uma chance de ouro de ressignificar a política no Brasil.

Os seguidores lembraram de uma fala de Pedro Bial, apresentador do "Conversa com Bial", ao "Manhattan Connection", na TV Cultura. Bial disse que só entrevistaria o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva — e postulante para a corrida presidencial 2022 — com o uso de um polígrafo.

O equipamento observa mudanças fisiológicas (pressão sanguínea e pulso) da pessoa questionada e, qualquer sinal de nervosismo, independente da culpabilidade da pessoa, é apontado por ele. O uso do aparelho como teste para a verdade é questionado.

O perfil satírico Coronel Siqueira — que imita o modo de escrever e a ironiza postura de apoiadores do presidente Bolsonaro — brincou dizendo que Bial esqueceu de ligar o equipamento para analisar a fala de Huck.

Muito boa a entrevista do líder popular Luciano Huck para o intelectual Pedro Bial. Só estranhei quando ele disse que votou em branco em 2018 mesmo tendo soltado vídeo falando que ia votar no Bolsonaro. Que bom que o Bial esquece de ligar o polígrafo.

Que falta fez o polígrafo do Bial na hora que o Luciano Huck disse que votou em branco em 2018 hein

E o Luciano Huck que agora quer que a gente acredite que ele não votou no boz*. Cadê o polígrafo, Bial?

O branco em quem o Luciano Huck votou se chama Jair Messias Bolsonaro. O polígrafo do Bial que me contou.

O Pedro Bial falou que não iria entrevistar o Lula sem um polígrafo mas tá recebendo o grande migueloso Luciano Huck no Conversa Com Bial. Ah, centrão maldito