PUBLICIDADE
Topo

Tatá Werneck faz homenagem para Mabel: 'Que Paulo te abrace'

Tatá Werneck deu apoio financeiro a Mabel e animou os dias da atriz durante o tratamento - Reprodução/Instagram
Tatá Werneck deu apoio financeiro a Mabel e animou os dias da atriz durante o tratamento Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

22/06/2021 20h21Atualizada em 22/06/2021 22h57

Tatá Werneck homenageou hoje Mabel Calzolari, morta por complicações de uma doença rara que causa inflamação na medula espinhal. A humorista lamentou a morte da amiga e relembrou Paulo Gustavo: "Que Paulo te abrace!"

Tatá, que prestou apoio financeiro e moral a Mabel durante o tratamento, escreveu: "Querida Mabel. Sua luz e sua força são memoráveis. Que Deus te receba, minha amiga".

A apresentadora exaltou a força de Mabel durante o tratamento e disse que elas conversaram na última semana, mas a atriz tinha dificuldades para reconhecê-la.

"Obrigada por sua amizade. Eu te amo. Deus com certeza está com você no colo", completou no relato.

Ao UOL, a amiga de Mabel Monique Curi contou que Tatá não conhecia a atriz pessoalmente, mas decidiu ajudá-la mesmo assim. Além de ajudar a pagar os tratamentos e ligar com frequência para saber como ela estava, a humorista colocou Mabel em contato com Isis Valverde — atriz que ela admirava.

Tatá também citou Paulo Gustavo em sua homenagem: "Te amo! Te admiro muito! Linda Mabel! Que Paulo te abrace! Que vocês fiquem amigos, ele vai te alegrar".

A doença de Mabel

Em 2019, após dar à luz o filho Nicolas, hoje com 1 ano e 11 meses, Mabel foi diagnosticada com aracnoidite torácica, doença rara que causa inflamação da medula espinhal.

Ela voltou a ter sintomas em dezembro do ano passado, e desde então ela passou por nove cirurgias. Nas últimas semanas, o caso se agravou ainda mais:

"Começaram a agravar as coisas. Ela começou a ter febres diárias, convulsões e espasmos. Ela passava por tomografias e ressonâncias, mas não descobriam o que era", diz Monique. "Na semana passada, com as convulsões, ela passou a não mais reconhecer mais ninguém. Não sabia quem era ou onde estava".